Mídias Sociais

Cultura

Quer casar na praia? Conheça as belezas naturais de Cabo Frio, um dos destinos mais procurados para celebrações de casamentos

Publicado

em

 

Em Cabo Frio, as belezas naturais da cidade estão sendo as preferidas, cada vez mais, como cenário dos enlaces, sendo também em festas estilo praia, que são realizadas em hotéis, pousadas, casas de festas e até restaurantes que tenham as paisagens praianas da cidade com plano de fundo.

Da redação

Há quem sonhe casar na praia, num belo cenário, com pôr do sol, tendas brancas e os convidados. Uma cerimônia que pode ser linda, especialmente se for realizada numa praia. As belezas naturais de Cabo Frio têm sido atrativo para casamentos. Dispensando os trajes tradicionais de casais que oficializam a união em igrejas, casar na praia pode ser até algo muito relaxante, colocando os “pés na areia”.

As paisagens de Cabo Frio tornam as celebrações ainda mais especiais. Números divulgados pelo Instituto Data Popular e da Associação Brasileira de Eventos Sociais (ABRAFESTA) apontam que o mercado de casamentos no Brasil registrou aumento de 25% em 2017. Em Cabo Frio, as belezas naturais da cidade estão sendo as preferidas, cada vez mais, como cenário dos enlaces, sendo também em festas estilo praia, que são realizadas em hotéis, pousadas, casas de festas e até restaurantes que tenham as paisagens praianas da cidade com plano de fundo.

Segundo o empresário Francisco Assis de Almeida Muniz, que atua há anos no setor, o mercado de “casamento na praia” em Cabo Frio está em expansão. Ele conta que realiza cerca de três cerimônias “pé na areia” por mês na cidade. Os locais mais procurados são as praias do Peró, das Dunas e do Foguete. “A Praia do Peró é mais procurada pelas opções fotográficas com proximidade de ilhas e da Praia das Conchas. Já as praias das Dunas e Foguete são procuradas pelas areias brancas e por serem mais desertas, possibilitando uma cerimônia mais reservada”, explicou.

Ele também conta que a maioria das pessoas que procuram Cabo Frio para casamento na praia são turistas. “São casais que moram em cidades onde não há mar. Eles vêm com os familiares, se casam e fazem a lua de mel por aqui mesmo. Algumas optam pelo ambiente, que junta o horizonte, o som das ondas e a brisa para selar a união do casal. Mas também existem aqueles casais que buscam Cabo Frio pela ligação afetiva com o mar como marinheiros, pescadores...”, afirmou.

Francisco ainda destacou  as facilidades burocráticas e econômicas de se fazer um casamento na praia. “Qualquer pessoa pode se casar na praia, pois não há regras religiosas. Existem casos em que o casal já está casado no civil e vem apenas fazer uma cerimônia simbólica perto do mar. Outro fator é a economia que se tem em um casamento deste estilo, que custa cerca de 40% menos em comparação a um casamento tradicional, onde se paga igreja, celebrante e ornamentação floral, além da dificuldade na agenda para data pretendida. Num casamento na praia muitos casais preferem uma cerimônia e festa mais intimista, e levam pouquíssimos convidados”, comentou.

Corine Muller é proprietária de um restaurante na Ogiva bastante procurado para casamentos no “estilo praia”. Ela lembra que a primeira proposta que recebeu foi bastante inesperada, mas que hoje a procura é muito grande. “A primeira cerimônia realizada aqui partiu de uma cliente e nos pegou de surpresa. A partir daí começamos a buscar e trabalhar com esse segmento, já que a procura tem sido muito grande porque é um mercado que vem crescendo bastante”, disse.

De olho nesse cenário, a Secretaria de Turismo de Cabo Frio vem trabalhando para expandir esse setor na cidade, desde a intensificação na divulgação voltada para o segmento até a participação em feiras e eventos deste mercado. “Por muitos anos Cabo Frio foi apresentado aos turistas como sendo um destino de praias bonitas, e só. Com isso nos tornamos apenas uma cidade de veraneio, que lota no verão e sofre na baixa temporada. O nosso grande desafio agora é mostrar que Cabo Frio é mais do que isso: que tem história, tem cultura, tem mergulho, tem gastronomia, e também tem praias, que podem ser um atrativo bem diferente daquilo que estamos acostumados a ver, graças ao mercado de casamentos na praia”, explicou Radamés.

O secretário lembrou, no entanto, que a realização de casamentos ao ar livre requer liberação prévia do espaço, e que, para isso, é preciso dar entrada num processo com pedido de autorização no setor de protocolos da Prefeitura com, no mínimo, 30 dias de antecedência do casamento. “Para isso os noivos precisam apresentar documentos como CPF, RG e comprovante de residência, entre outros, e pagar o Documento de Arrecadação Municipal (DAM)”, destacou.

A cerimonialista Eliane Ribeiro, que também já atuou como celebrante de casamentos na praia, relata que a emoção da cerimônia se torna ainda mais inesquecível com as paisagens de Cabo Frio. “Tive o privilégio de vivenciar momentos especiais com noivos que desejavam casar na praia, com o sol se pondo e tendo o barulho do mar como trilha sonora. Também tive experiências incríveis com casais que não queriam a cerimônia na areia, mas desejavam o estilo praia em suas festas. Nos dois casos o mais importante foi a realização dos sonhos que marcaram um evento tão importante na vida a dois. E a emoção do momento fica ainda mais sensacional porque a paisagem paradisíaca da natureza, em Cabo Frio, é um show à parte”, comentou.

De olho nesse mercado, o município tem sediado uma série de feiras e eventos voltados para o casamento. Um deles, o Lovely Days, acontece neste sábado (20) e domingo (21) no salão do Hotel Paradiso Corporate, reunindo fornecedores dos mais variados produtos e serviços. Realizado pelo Guia Celebrar, o evento chega a sua sexta edição. A entrada é a doação de um quilo de alimento não perecível.

Crédito: Ascom/Cabo Frio


 

Mais lidas do mês