Mídias Sociais

Cultura

Macaé recebe a peça “A Arte da Vida” nesta quinta-feira (24)

Publicado

em

 

Apresentações serão gratuitas e acontecem na   Escola Municipal CM Renato Martins e Escola Municipal Paulo Freire.

Daniela Bairros

A peça “A Arte d Vida” terá duas apresentações em Macaé na próxima quinta-feira (24). As apresentações serão gratuitas e acontecerão, no dia 24, das 8h30 e 13h30 na Escola Municipal CM Renato Martins e no dia 25, às 10h e 14h, na Escola Municipal Paulo Freire.

O teatro vai abordar, de  maneira lúdica, temas sobre a importância da água, a preservação do meio ambiente e o respeito à natureza. O projeto é uma realização do Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura – Rouanet, produção da Sancell Produções e patrocínio da BRK Ambiental.

Escrita por Sérgio Valle e com direção de Adriano Veríssimo, a peça traz à cena os personagens Julinha Relógio, Sr. Pinguinho, Vovô Pingão, Murilo, Gaivota Gabriel e Baleia Balu. Curioso como ele só, o Sr. Pinguinho quer saber tudo sobre a água em nosso planeta e se pergunta por que ela está acabando. Aos poucos, com a ajuda da família e de amigos, Pinguinho vai descobrindo de onde a água vem, para onde vai e como desperdiçamos esse recurso muitas vezes sem pensar. “A finalidade do espetáculo é despertar nas crianças o respeito à água, lançando mão de uma história envolvente e que utiliza melodias cantadas e narrativas em tom de comédia, para facilitar a compreensão dos alunos”, explica o Supervisor de Marketing da Sancell Produções, Welson Ribeiro.

Outros temas que também se destacam são as reflexões sobre a preservação do meio ambiente, a relação com a família e com os amiguinhos, a realização de desejos, a busca da felicidade, a superação dos medos e a construção de uma sociedade melhor.

“Queremos proporcionar às crianças acesso ao teatro, como cultura e linguagem artística, contribuindo para a formação humana e cultural deles. Além disso, os temas são sempre motivados a provocar uma mudança de atitude em relação a aspectos ambientais, sociais e humanos e, em seguida, podem ser trabalhados em sala de aula”, ressalta Ribeiro.

Crédito: Divulgação

 

 

 

Mais lidas da semana