Mídias Sociais

Cultura

Macaé comemora Dia dos Escoteiros com a fundação do 99º Grupo Escoteiro Mafeking

Publicado

em

 

Evento aconteceu nessa segunda-feira (23), quando é celebrado o Dia Mundial do Escotismo.

Da redação

A segunda-feira (23) não foi marcada somente pelo Dia de São Jorge, mas também pelo Dia Mundial do Escotismo. Macaé comemorou a data, Dia dos Escoteiros, com a fundação do 99º Grupo Escoteiro Mafeking.

O evento contou com a participação de cerca de 300 pessoas, entre visitantes e visitantes de escoteiros de outras cidades, como Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo, Maricá, Friburgo, Cabo Frio, Rio das Ostras, Quissamã, além de Macaé.

O 99º Grupo Escoteiro Mafeking Macaé foi fundado durante uma programação, que foi iniciada com a Assembleia de Grupo, com a eleição dos diretores e comissão fiscal. Foi aprovado também o estatuto que irá reger o dia a dia da unidade escoteira local. Logo após, foi iniciado o cerimonial e promessa das crianças, jovens e adultos voluntários. Foi um momento de muita emoção, pois é o ato em que o escoteiro promete, por sua honra, assumir seus deveres para com Deus, para com a Pátria e consigo mesmo, diante de amigos e familiares.

Segundo o presidente do grupo, Edinilson Régis, o ato foi um momento marcante para todos os integrantes, pois 45 inscritos receberam os lenços escoteiros, símbolo que identifica a unidade escoteira local, e ingressaram definitivamente em um dos maiores movimentos juvenis do mundo.

Segundo o Diretor Administrativo Gilson Feydyt, agora que o grupo está oficialmente fundado, os escoteiros  terão contato com o que há de melhor na prática escoteira, que é a vida ao ar livre e os acampamentos e excursões, que são momentos únicos de diversão e aprendizado.

O escotismo tem por objetivo ensinar crianças e jovens a cultivarem o voluntariado, o espírito de colaboração e cidadania, disciplina e o respeito ao próximo e à natureza.

O Escotismo é um movimento educacional de jovens, sem vínculo a partidos políticos, voluntário, que conta com a colaboração de adultos, e valoriza a participação de pessoas de todas as origens sociais, raças e credos, de acordo com seu Propósito, seus Princípios e o Método Escoteiro concebidos pelo Fundador Baden-Powell e adotados pela UEB.

O objetivo do Movimento Escoteiro é contribuir para que os jovens assumam seu próprio desenvolvimento, especialmente do caráter, ajudando-os a realizar suas plenas potencialidades físicas, intelectuais, sociais, afetivas e espirituais, como cidadãos responsáveis, participantes e úteis em suas comunidades, conforme definido pelo seu Projeto Educativo.

As reuniões do 99º Grupo Escoteiros Mafeking Macaé são realizadas no Colégio Estadual Luiz Reid, aos sábados, das 9h às 11h30. Para se inscrever, o jovem precisa comparecer ao local, acompanhado de um responsável para obter a ficha de inscrição e conhecer o método aplicado na educação não-formal proposta para os pequenos escoteiros.

Meninos e meninas, de 6,5 a 21 anos de idade participam de atividades cívicas, educativas, lazer e acampamentos. O escotismo está organizado em ramos que se distinguem por programas e atividades diferentes, dentro da mesma metodologia escoteira: ramo Lobinho (6.5 a 10 anos), Escoteiro (11 a 14), Sênior (15 a 17), Pioneiro (18 a 21) e adultos (voluntário, sem limite de idade).

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana