Mídias Sociais

Cultura

Imagem de São João Batista, padroeiro de Macaé, sairá pelas ruas da cidade nesta quarta-feira (24)

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Daniela Bairros

O feriado do dia do padroeiro de Macaé, São João Batista, nesta quarta-feira (24),não passará em branco. Somente será ‘diferente’ em função das medidas de prevenção à Covid-19. Os fiéis católicos e devotos do santo poderão celebrar,  mesmo que à distância.

Nesta quarta-feira (24), dia de São João Batista, a peregrinação pelas ruas da cidade será às 10h. Mas antes, às 09h, celebração da Santa Missa pelo Monsenhor José Luiz Bustamante Sá. Toda a programação das festividades, iniciadas no último domingo (21), está sendo transmitida pela internet, pela plataforma youtube Paróquia São João Batista Macaé.

Segundo Genelson Garcia da Silva, integrante da Paróquia São João Batista de Macaé, há 41 anos, as comemorações pelo dia de São João Batista começarão bem cedo, às 06h,  com a alvorada (queima de fogos) anunciando a chegada do padroeiro. Às 9h, celebração da Santa Missa. Às 10h, peregrinação pelas ruas de Macaé. Às 11h30, almoço drive-thru, ao preço de R$ 15 e, às 17h, história de São João Batista.

“Estamos vivendo uma época atípica devido à pandemia do novo coronavírus. Estamos impedidos de fazer uma comemoração à altura de São João Batista, mas não vai passar em branco. Serão momentos de muitas bençãos, graças e recebimento de benefícios pela imagem do nosso padroeiro. São João Batista é um exemplo de vida. Ele peregrinou, passou muitas dificuldades, mas em nenhum momento, deixou de ter fé, de ajudar a quem mais precisa, ajudar os mais necessitados”, ressaltou Genelson Garcia.

A Paróquia São João Batista de Macaé, com mais de 200 anos na cidade, realiza importantes obras sociais em prol de idosos e dos mais necessitados.

Atualmente é presidida pelo Monsenhor José Luiz Bustamante Sá. Com recursos da paróquia de Macaé e de até outras cidades, foi construído o Recanto dos Idosos Sagrado Coração de Jesus, localizado no bairro Barreto e que atualmente possui 28 internos, além da equipe de funcionários. Outra obra importante, segundo Genelson, é a Fazenda Esperança Macaé São João Batista, que acolhe, oferece tratamento e orientação a dependentes químicos. Atualmente, devido à pandemia do novo coronavírus, a instituição acolheu moradores em situação de rua, totalizando 70 pessoas na instituição, entre internos e equipe de funcionários.

Todos os meses, a Paróquia São João Batista Macaé distribui 100 cestas básicas. E as quartas-feiras e sábados, as refeições são para os moradores em situação de rua, além de outras pessoas assistidas pela entidade, como gestantes, famílias, entre outros.

 

Crédito: Daniela Bairros

Mais lidas da semana