Mídias Sociais

Cultura

Em Casimiro de Abreu, exposição no Museu visa conscientizar sobre reutilização

Publicado

em

 

A mostra, intitulada “Lixo Luxo” será aberta no próximo sábado (16) no Museu Casa de Casimiro de Abreu

 

Daniela Bairros

O Museu Casa de Casimiro de Abreu abre no próximo sábado (16), a exposição “Lixo Luxo”, com objetivo de mostrar ao público como peças descartadas podem ser transformadas em objetos de decoração.

Esta é a responsabilidade do artesão Pedro Paulo, de 71 anos, que há 15 ano mora em Barra de São João e quer provar às futuras gerações que é possível criar sem agredir a natureza, ao contrário, respeitando-a.

Segundo ele, a ideia surgiu da vontade de aproveitar pedaços de madeira que geralmente são descartados em obras e até mesmo encontradas no lixo, bem como galhos de poda de árvores e que poderiam se transformar em objetos úteis e bonitos.

Na visão deste “jovem senhor”  que tem muito a ensinar, a convivência entre homem e natureza deve ser tão harmoniosa que não precise existir órgãos fiscalizadores. “Criamos assim um ser humano mais consciente, respeitador e educado, para que haja uma qualidade de vida em todos os sentidos”, ressaltou.

A exposição 'Lixo Luxo' permanece no salão principal do Museu até 16 de março. O Museu fica em frente à praça ‘As Primaveras’, na Beira Rio, em Barra de São João.

Crédito: Divulgação

 

Mais lidas da semana