Mídias Sociais

Cultura

Cantora de Rio das Ostras lança primeiro clipe no próximo dia 30

Daniela Bairros

Publicado

em

 

A cantora de Rio das Ostras, Renata Cabral, lança no próximo dia 30, às 09h, seu primeiro clipe com música que fala sobre mar, vento e fé em orixá.

Há um ano fora dos palcos devido à Covid-19, Renata volta a fazer um trabalho com a música lançando o videoclipe com a canção “Vento de Viração”, do álbum Samba Negro, lançado em 2018, com lotação no Teatro Popular da cidade.

Diante das câmeras, Renata não poderia se apresentar num cenário melhor para falar sobre o “vento”, que são os mares e as árvores. A composição de Kadu Mauad e Roger Resende “Vento de Viração” traz como tema central, o vento que varre as folhas, que dá temor com o que é frágil, que move a vela e simboliza a manifestação à religiosidade da crença e Iansã, uma das três mulheres do orixá Xangô e a encarnação das tempestades, raios e ventos.

Na melodia, o arranjo traz o manejo do batuque afro, já pertencente à musicalidade comum de Renata, que na canção se uni ao acordeão num duelo entre voz e instrumento. Para os amigos da cantora é a “música mais completa”, com arranjos que conversam com a proposta da música.

“Estou voltando a ser feliz de novo. Ficar fora dos palcos é muito difícil para mim porque a música faz parte do meu ser. E estou retornando dentro de um projeto completamente novo e que realmente estava faltando, que é um clipe. Aprendo muito com a equipe da produtora, que gentilmente me presenteou com este material”, disse Renata.

O clipe faz parte de um projeto que venceu o edital estadual da Lei Aldir Blanc. O objetivo é que a produtora Beli Rec apresentasse um documentário mostrando os bastidores da gravação de um vídeo musical. “Foi quando eles pensaram ‘vamos gravar o clipe da Renata? Ela já tem um CD. E foi a partir daí que começamos a nos reunir. Das dez canções do CD eu apresentei quatro e eles foram unânimes na escolha de ‘Vento de Viração’”, contou Renata.

O clipe terá três locações externas e uma em estúdio. Na área aberta, a equipe gravou na Casa do Mar, com o fundo da Praia Virgem, e em Barra de São João,   distrito de Casimiro de Abreu, na Beira Rio e na Prainha.

O patrocínio é da High Supply e o clipe também tem o apoio da Fundação Rio das Ostras de Cultura, da maquiadora Ketlyn Barbosa e do espaço Casa do Mar.

Crédito: Divulgação/Bruno Pirozi

Mais lidas da semana