Mídias Sociais

Cultura

APAE Macaé cria campanha virtual com objetivo de arrecadar recursos para continuar funcionando na cidade

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Daniela Bairros

A APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Macaé criou uma campanha virtual, também conhecida como vaquinha, com objetivo de arrecadar recursos financeiros para continuar funcionando na cidade. O objetivo da iniciativa é angariar verba necessária para garantir o pagamento dos funcionários da instituição, segundo a presidente Nátali Giovanna.
Para ajudar, basta acessar o link da vaquinha: http://vaka.me/661768. A meta é arrecadar R$ 20 mil.
Desde 2004, a Apae Macaé auxilia mais de 278 pessoas, por meio de terapias, possibilitando a habilitação e reabilitação de pessoas com deficiências intelectuais e múltiplas.
Por mês, mais 140 pessoas são auxiliadas, mensalmente, pela Apae Macaé, com atendimentos psicológicos, terapia ocupacional, apoio pedagógico, além de atividades recreativas e oficinas que possibilitam a habilitação e reabilitação das pessoas com deficiência intelectual e múltiplas.
De acordo com a presidente da Apae Macaé, Nátali Giovanna, Iza Gabriella (coordenadora técnica) e Luciana Thomaz (coordenadora pedagógica), diversos profissionais estão envolvidos nestes processos, e para isso, precisam receber os salários em dia.
O objetivo da vaquinha virtual é para garantir o vencimento do mês de setembro, para que sjam pagos os salários em dia e que os profissionais possam continuar atendendo a instituição e não deixem os usuários sem auxílio e nem interrompam as terapias.
"Contribuindo com a vaquinha, mobilizando amigos e parentes a fazerem o mesmo, mais de 140 famílias continuarão com as terapias necessárias e sem interrupção no mês de setembro. Abraçar é um gesto solidário e prazeroso. Então, abracem a Apae Macaé", ressaltou a presidente da entidade.
Sobre a Apae Macaé
Fundada em 25 de junho de 2004, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Macaé – APAE -é uma associação civil, beneficente, com atuação nas áreas de assistência social, educação, saúde, prevenção, defesa e garantia de direitos, esporte, cultura, lazer, sem fins lucrativos ou de fins não econômicos. Recebe crianças, jovens, e adultos de ambos os sexos e diferentes níveis socioeconômicos, procedentes dos municípios de Macaé. Atualmente temos 140 assistidos atendidos por profissionais especializados nas áreas Terapêuticas (Psicologia, Terapia Ocupacional) e Pedagógica (Professores e Instrutor de Capoeira). Todas as terapias e atividades pedagógicas visam o atendimento aos assistidos e seus familiares, dando-lhes as orientações necessárias para seu desenvolvimento e bem-estar social.
A missão da APAE é promover e articular ações de defesa de direitos, prevenção, orientações, prestação de serviços, apoio à família, direcionadas à melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência e à construção de uma sociedade mais justa e solidária, baseado no princípio de igualdade reafirmado no Art. 1º da Lei Brasileira de Inclusão de 06 de Julho de 2015 que diz:
“Art. 1o É instituída a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência), destinada a assegurar e a promover, em condições de igualdade, o exercício dos direitos e das liberdades fundamentais por pessoa com deficiência, visando à sua inclusão social e cidadania.”

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana