Mídias Sociais

Covid-19

Aplicação da 2ª dose da vacina contra a Covid-19 para 1º grupo prioritário de imunização começou nesta terça-feira, 9, em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Foi iniciada nesta terça-feira, 9, a aplicação da 2ª dose das vacinas contra o coronavírus para quem já recebeu a 1ª dose em Macaé, seguindo as orientações previstas no Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde.

Segundo dados divulgados pela Secretaria de Saúde, desde o início da vacinação na cidade, no último dia 19 de janeiro, mais de 4 mil pessoas foram imunizadas, sendo 70 nesta segunda-feira, 8, em processo que continua nos próximos dias.

De acordo com a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Lisa Chagas, a 2ª dose é destinada aos profissionais de Saúde que atuam na chamada linha de frente do combate à pandemia, e que receberam a 1ª dose entre os dias 20 a 26 de janeiro.

A aplicação da 2ª dose da vacina contra o coronavírus acontece até o próxima sexta-feira, 12, de 9h às 16h, na Cidade Universitária, nas salas 206, 207 e 214, do Bloco A, da sede da Faculdade Municipal Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS).

Para receber a dose final de imunização, todos os trabalhadores da Saúde que estão nas listas da Secretaria de Saúde precisam levar documento com foto e CPF, além do Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).
Segundo a coordenadora de Vigilância Epidemiológica de Macaé, todos os consultórios, laboratórios e demais setores da Saúde na rede privada também serão contemplados na próxima etapa de vacinação, seguindo o PNI.
Conforme já havia sido relevado pelo prefeito Welberth Rezende (CIDADANIA) em sessão da Câmara na última semana, idosos e deficientes institucionalizados, que também fazem parte do 1º grupo prioritário de vacinação, também receberão a 2ª dose da vacina.
“A meta da prefeitura é imunizar toda a população, respeitando as diretrizes do Ministério da Saúde e, para isso, aguarda o envio de mais doses para que a vacinação avance, incluindo os idosos”, reforçou o município, que recebeu 7.893 doses da vacina contra o coronavírus, sendo 1.800 doses da Oxford/AstraZeneca, e 6.093 doses da CoronaVac, além de 74 mil seringas e agulhas.
Além dos profissionais de Saúde que atuam na linha de frente, a prefeitura também já começou a vacinação dos trabalhadores que atuam nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), nos centros de Especialidades Médicas e Odontológicas, nos Programas de Assistência, e nos hospitais da rede privada.

Mais lidas da semana