Mídias Sociais

Cidades

Turistas serão incentivados a conhecer as cidades do interior do Rio de Janeiro, durante as Olímpiadas

Avatar

Publicado

em

 

 

Os turistas que chegam ao Rio de Janeiro para as Olímpiadas serão incentivados a conhecer também o que as cidades do interior tem a oferecer. O Sebrae/RJ lançou oficialmente, em cerimônia no Museu de Arte do Rio (MAR), O Roteiro Serra Mar, que tem o intuito de promover um turismo integrado entre a cidade do Rio e os municípios de Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo, Macaé, Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Armação dos Búzios, Cabo Frio, Arraial do Cabo e Niterói.

Para informar os turistas da programação, o novo roteiro estará disponível em todos os quiosques da Riotur, no Media Center, na Casa Rio e na Casa Brasil, além de hotéis e agências de viagem. O projeto também conta com um site onde o próprio turista pode montar o seu roteiro. A expectativa é de que os turistas que estão chegando para as Olimpíadas já aproveitem as paisagens, a gastronomia e a hospitalidade dos destinos.

Ana Claudia Vieira, coordenadora regional do Sebrae na Região dos Lagos, ressalta que a iniciativa traz benefícios para os turistas e para o setor empresarial: “O Serra Mar proporciona ao turista e as operadoras a construção de um roteiro com o que temos de melhor no litoral e na serra. É uma rota que está sendo explorada beneficiando toda a cadeira do setor de turismo. Acredito que teremos grandes resultados para os empresários do setor”, disse ela.

O Diretor de Desenvolvimento do Sebrae/RJ, Evandro Peçanha, explicou que mais de 400 micro e pequenas empresas da cadeia turística estão cadastradas no programa e recebem orientação da instituição. Em sua avaliação, o Rio tem potencial para ser a âncora do turismo no país e são iniciativas como essa que ajudarão a consolidar este cenário. “Só Veneza recebe 30 milhões de turistas. O Rio recebe 2 milhões, no pico, no Carnaval. Queremos mudar isso e esse roteiro mostra a riqueza do nosso estado”, completou.

 

 

Búzios anseia em fazer parte das Olímpiadas – Para o município de Búzios esse momento é muito importante. A cidade, que recebeu nota máxima na avaliação do Ministério do Turismo, "Mapa do Turismo Brasileiro", por conta da boa estrutura turística, que atrai muitos visitantes, sempre manteve um grande preocupação em receber bem seus visitantes.

Além disso, a cidade sonhou em sediar as competições de vela na Olimpíada de 2016. Diante do impasse sobre as condições da Baía de Guanabara para sediar as competições, a Associação de Hotéis, Associação Comercial e o Convention Bureau de Búzios manifestaram, via carta, aos organizadores da Rio-2016, o desejo de que as disputas da modalidade ocorram na Região dos Lagos. Mas, infelizmente, a hipótese foi descartada pela organização.

A cidade também comemora a passagem da Tocha, que acontece no dia 01 de agosto. No município 24 pessoas carregarão a tocha no percurso pela cidade, que inicia no bairro da Rasa, partindo do Instituto de Educação e Formação Integral Judite Gonçalves (INEFI).

Uma das pessoas a carregar o símbolo olímpico é a matriarca quilombola e ícone da cidade, Dona Eva Maria de Oliveira Conceição. Dona Eva, com 105 anos, pode ser a mulher mais velha a carregar a Tocha.

“Estarmos participando de um momento único do nosso país, pois a Olimpíada, é o maior evento do mundo e vai acontecer pela primeira vez na América do sul. A tocha também irá trazer com ela, a chama da esperança, da confraternização, da união dos povos, e da solidariedade, e as nossas crianças estão empolgadas aguardando este momento, com muita alegria e entusiasmo. Por isso vamos apoiar e participar deste evento, demonstrando toda a nossa satisfação de estar colocando a nossa cidade na história dos jogos olímpicos”, falou o prefeito André Granado.

 

Mais lidas da semana