Mídias Sociais

Cidades

Rio das Ostras decreta luto oficial de três dias pela morte de Dona Lina

Avatar

Publicado

em

 

Nesta segunda-feira (4), não houve aulas nas escolas da rede municipal de ensino, nem expediente na Secretaria de Educação, Esporte e Lazer, onde a educadora ocupava a pasta pela segunda vez.

 

A Prefeitura de Rio das Ostras, na Região dos Lagos, decretou luto oficial de três dias, por conta da morte da educadora Maria Lina Paixão Fontes Coutinho, a Dona Lina. Nesta segunda-feira (4), não houve aulas nas escolas da rede municipal de ensino, nem expediente na Secretaria de Educação, Esporte e Lazer, onde Maria Lina ocupava a pasta pela segunda vez e exercia com maestria o cargo de secretária municipal.

Dona Lina faleceu neste domingo (3), aos 87 anos, na cidade de Niterói, na Região Metropolitana do Rio. O velório dela foi realizado na quadra do Colégio Municipal Professora América Abdalla. O sepultamento ocorreu às 11h de hoje no Cemitério Nossa Senhora Aparecida, no Âncora.

Dona Lina é filha de um dos mais importantes políticos macabuenses, Rosendo Fontes Tavares, vereador, vice-prefeito e prefeito, com história em Conceição de Macabu (foi o primeiro prefeito) e em Macaé, onde foi vereador. Era filha de dona Zita, cujas benfeitorias em relação às populações menos favorecidas de Conceição de Macabu, ecoam até os dias de hoje.

Apesar de suas origens gloriosas, que vão além de seus pais, pois os Fontes Tavares são parte do grupo fundador de Macabu, ela deixou um legado respeitável, que deve ser lembrado e reverenciado em dois municípios: em Conceição, e, em seu município adotivo, Rio das Ostras. Nesses municípios, atuou como educadora, e exerceu em pelo menos cinco mandados, as funções de secretária de Promoção Social e secretária de Educação.

Autor: Bertha Muniz

Foto: Prefeitura de Rio das Ostras

Fonte: Biografia- Marcelo Abreu Gomes - Macabu- História & Memória.

Mais lidas da semana