Mídias Sociais

Cidades

Radares vão fiscalizar excesso de velocidade na Ponte Rio-Niterói a partir de segunda-feira (15)

Publicado

em

 

Segundo Polícia Rodoviária Federal, serão quatro radares sentido Rio de Janeiro e quatro sentido Niterói. Velocidade permitida na ponte, segundo o órgão, será de 80 Km/h.

A partir da próxima segunda-feira (15), a quatro radares vão fiscalizar motoristas que trafegam diariamente pela Ponte Rio-Niterói.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, órgão responsável pela fiscalização, a medida visa coibir o excesso de velocidade. O permitido na ponte, segundo a PRF, é 80 km/h. Serão quatro radares sentido Rio de Janeiro e quatro sentido Niterói.

Em nota, a PRF informou que os radares fixos da Ponte Rio-Niterói (BR 101) entrarão em modo de produção a partir da zero hora de segunda-feira, dia 15 de janeiro, com emissão das notificações aos motoristas infratores que excederem o limite de velocidade máxima estabelecido para a via, ou seja, de 80 Km/h.

O órgão desmentiu que os radares são inteligentes, conforme áudios repassados na manhã desta terça-feira (10) em uma rede social.  Segundo a Polícia Rodoviária Federal, não há medição por velocidade média, pois não existe regulamentação no Brasil

Ainda de acordo com a PRF, os radares da Ponte fazem a medição a laser, não há marcação no asfalto, ou seja, não adianta o motorista pisar no freio quando avistar o radar, pois a medição é imediata. Se o motorista ultrapassar a velocidade máxima da Ponte Rio-Niterói e passar com ela pelos quatro radares, ele “ganhará” quatro multas.

Levantamento da PRF aponta que o excesso de velocidade é uma das principais causas de acidentes graves na Ponte Rio-Niterói e, desde a instalação dos equipamentos, não foram registradas ocorrências com mortes na via.

Daniela Bairros

Crédito: Divulgação

 

Mais lidas da semana