Mídias Sociais

Cidades

Profissionais da Educação de Cabo Frio decidem suspender a greve a partir desta segunda-feira, 17

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Os profissionais da educação de Cabo Frio decidiram suspender a Greve, que iniciou na última terça-feira, 11, devido ao atraso no pagamento dos salários da categoria. Apesar do pagamento ainda não ter sido realizado, a categoria decidiu retornar as atividades até a audiência marcada com o Prefeito no próximo dia 24.

Segundo o Sindicato dos Profissionais da Educação - Sepe Lagos uma nova assembleia para definir os rumos da atividade ficou agendada para às 18h, do dia 24, na escola Edilson Duarte. Outro ponto definido é que a categoria irá paralisar automaticamente no 6º dia útil do mês, caso as atividades, em caso de não pagamento do salário até o 5º dia útil.

 

Servidores em greve - Enquanto os professores retornar as suas atividades, os servidores municipais irão iniciar a greve nesta segunda-feira, 17. A decisão foi tomada em assembleia unificada pelos servidores representados pelo Sindicato Dos Servidores Públicos Municipais (SINDICAF), Do Sindicato Dos Trabalhadores Da Saúde (SINDSAÚDE), da Associação dos Guardas Civis Municipais e da Associação dos Fiscais De Cabo Frio (AFM).

De acordo com os sindicatos, a decisão tem como motivação a falta de pagamento dos salários do mês de Maio/2019 até a data limite de Lei e também por descumprimento por parte do Governo Municipal do Acordo de Quitação dos atrasados relativos ao 13º Salário/2016 dos servidores da ativa e dos aposentados e pensionistas.

As atividades serão mantidas tão somente o quantitativo mínimo legal de servidores nas atividades consideradas essenciais pela referida Lei de Greve, bem como também cientificar que havendo por parte da Prefeitura, outros atrasos de pagamentos de salários além da data limite nos próximos meses, a Categoria Profissional entrará automaticamente em Greve a partir do sexto dia útil do mês seguinte ao vencido.

 

Pagamento deve ser feito até o dia 19 - Durante uma reunião entre os servidores e o Secretário de Fazenda, Antônio Carlos, foram passadas duas importantes notícias: A primeira delas é que o Secretário junto com o Prefeito estiveram em Brasília, onde conseguiram recursos Federais, que devem chegar ainda este mês aos cofres do município. Com essa verba, será possível para o município quitar os salários, em dia, até o final do ano.

A outra informação dada pelo Secretário não foi tão positiva. Segundo Cati, o município novamente sofreu uma queda na arrecadação, devido ao cenário econômico instável, que vem sendo registrado em todo o Estado. Por isso, o município não conseguiu cumprir o pagamento dos salários no quinto dia útil, conforme planejado. A previsão é que o salário seja depositado até o dia 19.

 

Mais lidas do mês