Mídias Sociais

Cidades

Professora da Católica Salesiana, de Macaé, tem entrevista publicada na Revista "The Atlantic"

Publicado

em

 

Da redação

A entrevista concedida para a jornalista americana Sushma Subramanian, pela psicóloga e professora mestre da Faculdade Católica Salesiana Gilzete Passos Magalhães, foi publicada na Revista “The Atlantic” em reportagem sobre a lenda do Boto, intitulada em Português como “O mito do golfinho que se recusa a morrer - Os botos-cor-de-rosa do Brasil há muito são acusados de todos os tipos de crimes hediondos”.

 A professora Gilzete foi entrevistada em razão da sua dissertação de mestrado “Os Espelhos dos Rios: dimensões simbólicas da relação de gênero na Lenda Amazônica O Boto” defendida na PUC-São Paulo e pela sua experiência de quase uma década vivendo no Amapá. A reportagem pode ser lida pelo link https://www.theatlantic.com/science/archive/2020/11/pink-dolphin-botos-brazil-amazon/617080/.

  “Na dissertação eu abordei muitas questão psicológicas implícitas na lenda do boto e também as violências, como casos de gravidez precoce, situações de paternidade desconhecida, além de machismo, incesto e violência sexual. A Sushma Subramanian me disse, na ocasião da entrevista, que se interessou por esse assunto por eu ser uma das poucas psicólogas que estudou o personagem amazônico por meio de uma análise junguiana, abordando ainda questões históricas, geográficas e sociais”, disse a psicóloga, completando que a jornalista americana, que também é docente da University of Mary Washington, dedica-se a escrever reportagens que envolvem, especialmente, as questões de violência contra a mulher nas suas diferentes formas.

 Na oportunidade, a entrevista teve ainda a presença da fotógrafa americana Lianne Milton e mediação da tradutora Mônica Dias. Sobre o mesmo tema, a professora Gilzete Passos também concedeu entrevista para a jornalista Luiza Souto, da UOL Universa.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana