Mídias Sociais

Cidades

Prefeitura de Cabo Frio libera funcionamento de mais alguns setores comerciais a partir desta segunda-feira, 04

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

A Prefeitura de Cabo Frio publicou um novo decreto, que permite a abertura de mais alguns setores comerciais. A decisão faz parte do Plano Estratégico adotado, que possibilitará o retorno gradual das atividades econômicas.

De acordo com o novo decreto a partir da próxima segunda-feira, 04, poderão funcionar:  Óticas; Escritórios de profissionais liberais; Imobiliárias e administradoras de imóveis; Serviços de corretagem de imóveis e seguros; Estabelecimentos destinados a venda de material de construção, ferragem e de equipamento de proteção individual; E Borracharias e oficinas mecânicas.

Lembrando que já esta liberado o funcionamento de:  Farmácias e drogarias; Hipermercados, supermercados, mercados, mercearias, hortifrutigranjeiros, quitandas e centros de abastecimentos de alimentos; Açougues, aviários e peixarias; Comércio de insumos agrícolas e de medicamentos veterinários, alimentos e produtos de uso animal;  Distribuidores de gás; Lojas de venda de água mineral; Padarias; Postos de combustível; Transportadoras; Agências bancárias, correspondentes bancários, lotéricas e cooperativas de crédito, exclusivamente para atendimento de pessoas que necessitem de serviços bancários presenciais; Lavanderias, exclusivamente para entrega e busca em domicílio; Lojas de produto de limpeza; E Funerárias.

A Prefeitura ressalta que os estabelecimentos comerciais devem cumprir as regras de higiene e proteção para o combate à disseminação do coronavírus. Todos os serviços devem intensificar as ações de limpeza; disponibilizar antissépticos à base de álcool 70% para uso dos clientes; divulgar informações sobre o COVID-19 e medidas de prevenção, além de garantir o uso de máscara para funcionários e clientes.

As demais atividades deverão permanecer suspensas, até o dia 11 de maio de 2020, com o objetivo de resguardar o interesse da coletividade na prevenção do contágio e no combate da propagação do coronavirus.

Mais lidas da semana