Mídias Sociais

Cidades

Ocupação na rede hoteleira de Macaé chega a 90% durante a Brasil Offshore 2017

Publicado

em

 

Informação foi divulgada nessa segunda-feira (19) pelo Macaé Convention Bureau e, segundo o órgão, edição deste ano traz novidades também no setor gastronômico

Daniela Bairros

A 9ª edição da Brasil Offshore começa nesta terça-feira (20) em Macaé, considerada a terceira maior feira de petróleo do mundo. A feira, que reúne as maiores empresas da indústria do petróleo em todo o mundo, acontecerá até o dia 23 de junho, no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho, e além das oportunidades de negócios e de discussões sobre o futuro do setor, também é vista como atrativo turístico.

A feira também movimenta a rede hoteleira da cidade. Segundo informações divulgadas nessa segunda-feira (19) pelo Macaé Convention &Visitors Bureau, 90% da rede hoteleira de Macaé está ocupada para os dias da Brasil Offshore 2017.

E pela primeira vez, dez restaurantes macaenses associados ao Macaé Convention &Visitors Bureau estarão presentes na praça de alimentação da Brasil Offshore.

A ação surgiu da parceria entre o Convention Bureau e os organizadores do evento, para levar a gastronomia da cidade diretamente até os participantes da feira. “A gastronomia de Macaé é muito rica e vem crescendo cada vez mais. Estar na feira é uma maneira de divulgar pratos e sabores de Macaé”, diz Guilherme de Abreu, presidente do Convention Bureau.

Os restaurantes participantes irão servir desde comida mexicana, a árabe, hambúrguer artesanal, crepes, pizza passando pelos tradicionais brasileiros, a picanha, churrasquinho, pão de queijo, caldos e mais outros saborosos pratos.

Para Vitor Neves, gerente do Picanha do Zé, restaurante participante, esta é uma oportunidade ímpar. “Estaremos dentro de uma das maiores feiras do mundo e vamos mostrar que Macaé tem uma gastronomia de qualidade para oferecer”.

Os restaurantes participantes são: Fromage, Bem Natural, Picanha do Zé, Sancho Panza, Casa da Bel, Street Burguer, Kebab, Ponto de encontro, O Casarão.

 

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana