Mídias Sociais

Cidades

No quarto dia da greve dos caminhoneiros, Capital do Petróleo já não tem etanol e gasolina

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Desde a início da tarde desta quinta-feira (24) postos de combustíveis só possuem diesel e GNV nas bombas.

Já não há mais etanol e gasolina nos postos de Macaé nesta quinta-feira (24). No quarto dia da greve dos caminhoneiros, às 12h os estoques de combustíveis estavam praticamente esgotados na Capital do Petróleo.

A Guarda Municipal, que esteve desde esta quarta-feira (23) em todos os postos de combustíveis da cidade, já desocupou os locais, pois não há mais necessidade de agentes ordenarem o trânsito por conta das longas filas para abastecimento. Vários postos fecharam por conta da falta de combustíveis nas bombas.

Apenas um posto no Centro da cidade ainda tinha etanol nesta manhã. Além disso, em um posto de gasolina no Barreto, ainda restavam alguns litros de gasolina. Em outro posto na Linha Vermelha, os 400 litros de gasolina premium que restavam nesta quarta, acabaram por volta das 9h. Ainda há diesel comum em alguns locais, assim como GNV. A solução para os motoristas é economizar.

“Consegui abastecer pagando R$ 6,15 litro da gasolina aditivada, isso porque madruguei no posto. Uma longa fila se formou e muito motoristas ficaram sem abastecer, pois logo acabou. Agora é economizar e só utilizar o carro em caso de extrema necessidade”, contou a empresária Bianca Barreto.

A categoria reivindica diminuição no preço do diesel. Por causa da paralisação, diversos estados começaram a enfrentar problemas de abastecimento de produtos como combustíveis e alimentos. Em todo o estado do Rio, o combustível só deve durar até esta sexta-feira (25) e 90% dos postos já relatam escassez de etanol e gasolina.

Mais lidas da semana