Mídias Sociais

Cidades

Manifestação na Rodovia Amaral Peixoto cobra reabertura do Hospital Regional de Barra de São João

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Cerca de cem pessoas se reuniram neste domingo, 12, em frente ao Hospital Regional de Barra de São João, Distrito de Casimiro de Abreu, para um ato pedindo a reabertura da unidade de saúde. Por cerca de uma hora, o grupo fechou a Rodovia Amaral Peixoto, em frente ao Hospital, no sistema segue-para. Conforme o trânsito era fechado, os motoristas, que estavam parados realizavam alguns buzinaços apoiando a  causa.

Em seguida, algumas pessoas utilizaram o microfone para falar sobre a necessidade da reabertura da unidade de saúde e dos problemas que a falta da mesma causa. Um abaixo assinado iniciado por um comerciante da localidade, também circulou pelo espaço.

A jornalista, Marlene, que estava presente na manifestação conta que se hoje ela consegue andar foi graças ao atendimento inicial recebido no Hospital Regional de Barra de São João. "Eu sofri com um pé diabético e consegui fazer uma cirurgia no Hospital do Coração, no Rio de Janeiro. Mas só consegui essa cirurgia, através dos primeiros atendimentos, que recebi neste hospital. Fui atendida por uma equipe maravilhosa, que me ajudou muito. E acho lamentável uma unidade com todo esse porte está de portas fechadas", desabafou Marlene, destacando que o Hospital de Barra de São João é uma das poucas unidades de saúde, que ela conheceu que não tem escadas. "Isso é um trabalho de gênio, que não pode ser desperdiçado", finalizou.

O empresário Paulo, que também estava presente conta que muitas vezes foi atendido no Hospital e sempre teve o melhor atendimento. "Já cheguei muitas vezes com a pressão alta para ser atendido neste hospital e todas as vezes recebi o melhor atendimento possível. Eu considero um verdadeiro crime manter um prédio desse de portas fechadas", frisou Paulo.

De acordo com a organização do movimento, novos atos serão planejados com o intuito de intensificar a cobrança pela reabertura da unidade.

 

Histórico do Hospital - Desde 2009, à população sente os efeitos da falta de estrutura oferecida a unidade para manter o atendimento de qualidade, que era realizado e considerado referência em toda a Região dos Lagos. Mas, é a aproximadamente seis anos, que os moradores e visitantes da localidade, que precisam de atendimento precisam recorrer as cidades vizinhas Cabo Frio (Tamoios) e Rio das Ostras, já que o único Hospital disponível na cidade fica no Distrito sede, o que exige um deslocamento maior comparando ao deslocamento para os municípios vizinhos.

Essa situação gera uma grande insatisfação para toda à população, inclusive, das cidades vizinhas. A população afirma que também está cansada de promessas, já que todo ano surge uma notícia da reabertura da unidade.

Inclusive, no início deste ano, a Secretaria Estadual de Saúde se comprometeu a reabrir o Hospital Regional de Barra de São João, com atendimento de traumatologia e ortopedia além de cirurgia geral de média complexidade, ainda este ano. O compromisso foi firmado pelo próprio secretário de Saúde durante a primeira reunião do Consórcio Intermunicipal de Saúde, realizada em janeiro, em Cabo Frio.

Porém, de acordo com a secretaria de saúde, duas chamadas para licitação já foram abertas e nenhuma empresa se mostrou interessada em atender a unidade. A terceira chamada está aberta e a expectativa é que se consiga chegar a um resultado positivo.


 

Mais lidas do mês