Mídias Sociais

Cidades

Macaé é campeã em Transparência e Acesso a Informação, segundo o CGU

Avatar

Publicado

em

 

Mais uma vez, a cidade se destaca na Região dos Lagos e Norte Fluminense

 

A Prefeitura de Macaé – com seu site de Transparência – foi classificada como campeão pelo Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU) entre as cidades da Região dos Lagos e Norte Fluminense do Estado do Rio de Janeiro. Em todo o país, Macaé ficou em 92º lugar entre os 665 municípios brasileiros avaliados.

Nessa nova avaliação, o portal da Transparência de Macaé obteve nota 8,76, colocando o município com nota superior à média das capitais que foi de 8,08; dos estados 7,94, como também a média geral dos municípios brasileiros 6,50. Os acessos ao Portal da Transparência e ao e-SIC são realizados pelo site macae.rj.gov.br. O cidadão também pode fazer suas solicitações de acesso a informações por meio do Protocolo Geral na sede da prefeitura, localizada à Avenida Presidente Sodré, 534, Centro.

Com o Portal da Transparência estão disponibilizadas informações de receita, despesa, salários, contratos e outros, além do e-SIC (Sistema de Informação ao Cidadão) são iniciativas da Prefeitura de Macaé que vão ao encontro da legislação e permitem à população o acompanhamento das ações do governo municipal tanto de maneira ativa, com as informações previamente publicadas ou via solicitações pelo e-SIC.

Esta é a quarta avaliação realizada pelo órgão em que foi adotada uma nova metodologia para análise do nível de transparência. A metodologia da CGU foi aprofundada com vistas à melhoria da disposição das informações para o cidadão. Antes pontuava se existia um serviço eletrônico de pedido de informações, com resposta de sim ou não. Agora, além de ter o sistema, verifica se há muitos campos de preenchimento para identificação do requerente, o que pode dificultar o acesso. Ou seja, a metodologia passou a ter um caráter qualitativo e servirá de norte para que os municípios programem melhorias e atenda melhor à população.

 

Tânia Garabini

Mais lidas do mês