Mídias Sociais

Cidades

Live da Católica Salesiana, de Macaé, esclarece o universo por trás da “Internet das Coisas”

Avatar

Publicado

em

 

Da redação

Um tema atual, que desperta a curiosidade e que está no nosso cotidiano sem percebermos. Assim, a Live “Aplicações da Internet das Coisas no dia a dia e na indústria” realizada na última quarta-feira, 01 de julho, pelo canal do YouTube da Faculdade Católica Salesiana, foi marcada pela grande participação de estudantes e profissionais da área de computação e de tecnologia em geral.

A Live contou com a mediação do professor mestre e coordenador do Curso de Engenharia da Computação e de Pós-graduação da Católica Salesiana, Mauro Dias, e com os convidados, o professor doutor em Produção Vegetal-Mecanização Agrícola, Alan Galante, e o professor mestre em Produção e Sistemas Computacionais, Vinícius Weiner. Vale ressaltar que a Internet das Coisas (ou IOT - Interconexão Digital de Objetos) é o conceito que se refere a uma rede de objetos físicos capaz de reunir e de transmitir dados.

O professor doutor Alan Galante aproveitou a oportunidade para ressaltar o avanço tecnológico como fator importante para a existência da Internet das Coisas e o uso da tecnologia no agronegócio. “Não se pode pensar em Internet das Coisas sem lembrar da ampla disponibilidade da internet banda larga e de dispositivos com custo cada vez mais baixo ao longo do tempo, como algo importante para sua existência. No que diz respeito à agricultura e à pecuária, as pessoas não imaginam o quanto nosso país é referência em tecnologia. A Agricultura Inteligente, como é conhecida, possibilita ter dados/informações sobre o solo, a irrigação, umidade etc., para melhorar e otimizar a produção agrícola, auxiliando o produtor em tempo real”, explicou Alan.

Já o professor mestre Vinícius Weiner falou sobre a IOT na indústria. “Para começar, a Internet das Coisas nada mais é do que dar poder de processamento de dados aos objetivos e ambientes, integrando os dispositivos dentro de uma rede, com rápida troca de informação e efetivando os processos. Já a Indústria 4.0 é um termo usado para denominar fábricas inteligentes que usam a tecnologia para aprimorar os processos de produção, que têm como pilares o compartilhamento pela nuvem, manufatura aditiva, big data e analicts, uso de realidade aumentada, robôs, simulação, integração de sistemas, internet industrial e segurança cibernética”, esclareceu Vinícius.

“Realizamos nossa primeira Live sobre a Internet das Coisas e nos surpreendemos com a participação do público. Quero agradecer aos palestrantes e à Católica Salesiana pela oportunidade de discutir este tema com foco na área da indústria e das nossas residências, enfim, do nosso dia a dia. Percebemos um grande interesse neste assunto e pudemos observar como as empresas vêm apresentando diversos produtos e serviços, baseadas nesta tecnologia. Além de ser uma grande oportunidade de negócios, a IOT deve movimentar o mercado com algo em torno de US$ 7 trilhões até 2030. Ou seja, há muito o que se discutir e descobrir sobre a Internet das Coisas”, finalizou o mediador da Live, Mauro Dias.

 

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana