Mídias Sociais

Cidades

Em Macaé, Central do Trabalhador abre 96 vagas de emprego

Publicado

em

Entre as oportunidades, estão vagas para carpinteiro de obras, gerente de vendas e técnico eletrônico subsea.

Noventa e seis vagas de emprego estão abertas em empresas parceiras da Central do Trabalhador de Macaé (CTM), ligada à Secretaria Adjunta de Trabalho e Renda da Municipal de Desenvolvimento Econômico. Entre as oportunidades estão vagas para carpinteiro de obras (duas), gerente de vendas (duas) e técnico eletrônico subsea.

Não é necessário fazer agendamento para concorrer a uma das vagas. O atendimento é gratuito e os interessados podem ir direto à Central do Trabalhador, na Rodovia Amaral Peixoto, s/n, em frente ao Estádio Cláudio Moacyr, na Barra, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Para emissão de carteira de identidade e de trabalho é necessário fazer o agendamento pelo site www.macae.rj.gov.br/trabalhoerenda ou pelo 0800-0211138. Após o agendamento, o candidato deve comparecer à CTM. A documentação necessária para cada serviço encontra-se divulgada no próprio site. Em caso de dúvida, o interessado pode ligar para a Central do Trabalhador pelo telefone (22) 2763-6344.

Confira abaixo a listagem completa das vagas:

 

Ajudante de pintor (predial)

Ajudante geral

Almoxarife

Analista de suporte de sistemas

Auxiliar comercial

Bombeiro hidráulico

Carpinteiro de obras

Chapeiro

Consultor projetista

Consultor/corretor imobiliário

Eletricista de automóvel

Eletricista predial

Fonoaudiólogo

Gerente comercial

Gerente de vendas

Jardineiro

Maître

Manicure/pedicure

Marceneiro

Massoterapeuta / esteticista

Mecânico automotivo

Mecânico de automóvel

Meio oficial de caldeiraria

Montador automotivo

Motorista

Motorista d

Operador de máquina pequena

Operador de usinagem

Padeiro

Padeiro/confeiteiro

Pedreiro

Pintor predial

Servente de pedreiro

Soldador

Soldador (predial)

Técnico eletrônico subsea

Terapeuta ocupacional

Vendedor

Vendedor externo

Vendedora

Zelador

Daniela Bairros

Crédito:  Maurício Porão

Mais lidas do mês