Mídias Sociais

Cidades

Desfile Cívico Militar marca comemoração dos 196 anos de Proclamação da Independência em Macaé

Publicado

em

 

Evento acontece nesta sexta-feira (07)  na orla da Praia da Imbetiba, às 9h

 

Flávia Martins

 

Acontece nesta sexta-feira (07) o desfile cívico-militar em comemoração pelos 196 anos da proclamação da Independência , em Macaé. Para organização da programação, serão reunidas entidades civis e militares.

O desfile  será iniciado às 9h na Avenida Elias Agostinho, orla da Praia da Imbetiba. Pouco antes, às 8h50, haverá revista à tropa pelo comando do Forte Marechal Hermes. A concentração será às 8h na Avenida Agenor Caldas, que fica no mesmo bairro.

A programação contará com a participação das corporações militares  do Forte Marechal Hermes, Capitania dos Portos da Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros Militar, Guarda Civil Municipal, Defesa Civil, Ex-combatente da 2ª Guerra Mundial, Ademar Azevedo Mancebo, dentre outras entidades militares. Também farão parte do evento os grupos de escoteiros e pelotões com alunos e integrantes das corporações musicais.

A intenção é integrar os representantes da rede municipal e enaltecer o civismo e o resgate da história da Independência do Brasil.

O dia 7 de setembro é anualmente comemorado como a data em que o Brasil estabeleceu o fim de seus laços coloniais com Portugal. No entanto, a independência começou a ganhar forma pouco antes da proclamação.

Algumas transformações sociais, políticas e também econômicas, que chegaram junto com a família lusitana, abriam caminhos para a independência.

Por causa das clara intenções políticas de D. Pedro, as Cortes portuguesas exigiram que ele retonasse imediatamente para Portugal e entregasse o Brasil ao controle de uma junta administrativa formada pelas Cortes. Mas em janeiro de 1822, D.Pedro I decidiu que não mais acatari a as ordens da coroa. Esse dia ficou marcado como “Dia do Fico”. A partir dai, as relações políticas com as Cortes tornaram-se insustentáveis. Em setembro do mesmo ano, a assembleia portuguesa enviou um novo documento para o Brasil exigindo o retorno imediato do príncipe à Portugal sob ameaça de invasão militar.  Ao tomar conhecimento do documento, D.Pedro I declarou a independência do país nesta data, 7 de setembro de 1822, às margens do riacho do Ipiranga.

No ano seguinte, a data foi considerada a mais importante do calendário brasileiro. Por causa disso, na época, a data foi agraciada com toda pompa militar, civil e religiosa apropriada à uma festa tão importante. Hoje, quase dois séculos depois, o ato de coragem e bravura do príncipe ainda é lembrado com festa.

Forte Marechal Hermes: breve história

A História Militar do Forte Marechal pode ser dividida em dois períodos: o primeiro tem inicio em março de 1613, com a instalação do Forte Santo Antônio de Monte Frio, e termina com sua desativação em novembro de 1859; O segundo período teve como marco inicial o ano de 1893, quando o então Presidente da República, Marechal Floriano Peixoto, concluiu sobre a necessidade de se fortificar, para proteger um porto, como o de Macaé, tão vizinho à Capital da Nação e de tão fácil acesso, motivando a inauguração do Forte Marechal Hermes, em 15 de abril de 1910.

Crédito: Guga Malheiros

 

 

 


 

Mais lidas do mês