Mídias Sociais

Cidades

Centro de Apoio Pedagógico do Jardim Esperança, em Cabo Frio, será inaugurado na próxima terça-feira, 02

Publicado

em

 

Na próxima terça-feira, 02, será inaugurado o terceiro Centro de Apoio Pedagógico (Cenape), que volta a funcionar na cidade de Cabo Frio. Desta vez, a unidade inaugurada será a Durval Silva, no bairro Jardim Esperança.

De acordo com a Prefeitura, para celebrar a conquista, uma cerimônia será realizada às 9h com a presença do prefeito Dr. Adriano Moreno, do secretário de Educação Claudio Leitão e da secretária-adjunta Denize Alvarenga.

Para o secretário Claudio Leitão, é de grande importância o avanço da educação especial em todo o município. “É muito importante democratizar o acesso pedagógico para todos os alunos da rede de ensino. Com os três Centros em funcionamento, damos início ao trabalho da educação especial em Cabo Frio”, explica.

Os Cenapes têm por objetivo oferecer aos alunos, na perspectiva da educação inclusiva, oportunidades para o exercício da cidadania, assim como para a preservação da dignidade humana, para a busca da identidade e participação efetiva na sociedade. Esse projeto estava parado desde 2016, mas este ano três espaços foram abertos para retomar a atividade: O primeira foi o Cenape Warly Studart, no bairro Jardim Olinda, e a segunda o Cenape Professora Maria Aparecida de Azevedo Galvão, em Tamoios.

Sobre o Cenape -  As unidades vão oferecer atendimento especializado para alunos com transtornos funcionais específicos e/ou dificuldades acentuadas de aprendizagem, matriculados nas classes regulares do Ensino Fundamental, a partir do 1° ano de escolaridade e sem limite de idade. As unidades são coordenadas pela Superintendência de Gestão Pedagógica e Políticas Educacionais (Sugeppe), por meio do Departamento de Orientação Educacional da Secretaria Municipal de Educação.

Os Cenapes contam com novos equipamentos e profissionais de diferentes áreas de atuação, como fisioterapeutas, psicólogos, psicopedagogos, fonoaudiólogos, assistentes sociais e professores.

A escola é responsável pelo encaminhamento do aluno para atendimento no centro. As atividades, desenvolvidas no contraturno escolar, auxiliam os alunos a avançarem no aprendizado, trazendo um melhor aproveitamento dos conteúdos ministrados em sala de aula. Também contribuem para uma melhoria da qualidade de vida, dentro e fora do contexto escolar.

 

Mais lidas da semana