Mídias Sociais

Cidades

Castelo Macaé: professora e alunos participam de Live do Espaço Ciência Pernambuco

Avatar

Publicado

em

 

Da redação

 

A professora de Física do Instituto Nossa Senhora da Glória - INSG/Castelo, em Macaé,  Nicolle Coutinho e a estudante do Ensino Médio, Mayra Ventapane, participaram da Live “Menos Luzes, Mais Estrelas", sobre Poluição Luminosa, no canal do Espaço Ciência de Pernambuco. com isso, ajudaram no mapeamento da Poluição Luminosa da cidade de Macaé.

Como convidada, a professora Nicolle participou do experimento que consistiu na observação e registro do céu, a fim de verificar e mapear a poluição luminosa como uma das atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. O “Experimento Global da Poluição Luminosa” contou com a presença dos alunos da 1ª e 2ª séries do Ensino Médio do Colégio Castelo, que contribuíram com o mapeamento da poluição luminosa na cidade.

"Precisamos divulgar esses temas de importância científica nas aulas, para que nossos jovens estejam sempre atentos com relação ao respeito ao Meio Ambiente. Foi emocionante saber que todos aceitaram o convite e participaram do experimento global, mapeando a iluminação em Macaé", reforçou a professora, informando que o Espaço Ciência publicou em suas redes sociais e no site http://www.espacociencia.pe.gov.br/ as imagens enviadas pela aluna Mayra Ventapane.

“Amei participar dessa experiência. Sem contar que foi super interessante observar as estrelas e as constelações. Quero agradecer à professora Nicolle, que nos ensinou e incentivou a participar do experimento”, disse Mayra.

É importante explicar que, segundo a professora Nicolle, a poluição luminosa causa danos biológicos, culturais e econômicos, sendo originada pela iluminação noturna mal projetada, que permite que a luz origine um brilho indesejável, que pode ser visto acima das cidades. Devido à iluminação exagerada, há dificuldade de observação do céu.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana