Mídias Sociais

Cidades

Cabo Frio inicia levantamento sobre infestação do Aedes aegypti

Publicado

em

 

O município também está intensificando a campanha contra dengue, zika e chikungunya. 

O município de Cabo Frio está intensificando as ações contra o Aedes aegypti, mosquito responsável pela dengue, zika e chikungunya. Além das ações de conscientização realizadas por toda a cidade, as equipes da Coordenadoria de Vigilância em Saúde Ambiental da Secretaria de Saúde iniciaram o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, foi firmada uma importante parceria com a Base Aeronaval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA) para otimizar as ações em relação ao Mapa da Dengue da cidade. Através desta parceria, foi feito um vôo compartilhado para que fossem mapeadas áreas de rota para a medição do LIRAa a partir deste mês.

"Tivemos a oportunidade da realização de um vôo junto ao Esquadrão HU1 para o reconhecimento de possíveis áreas focais, utilizando o último LIRAa para guiar a rota traçada e com isso podermos ter maior direcionamento e eficácia quanto às ações já aplicadas e que ainda estão em formulação para serem implantadas. Agradecemos o esforço dos pilotos e seus assistentes em nos atender, e esperamos sempre poder contar com a Marinha do Brasil para podermos juntos desenvolver um excelente trabalho", explicou Andreia Nogueira, coordenadora de Vigilância em Saúde Ambiental do município.

A expectativa é que o levantamento seja concluído nesta sexta-feira, 23. Já os resultados devem ser divulgados até o início do mês de março. Com base nas informações coletadas no LIRAa, o gestor do município pode identificar os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito, bem como o tipo de depósito onde as larvas foram encontradas. O objetivo é que, com a realização do levantamento, os municípios tenham melhores condições de fazer o planejamento das ações de combate e controle do mosquito Aedes aegypti.

 


 

Mais lidas do mês