Mídias Sociais

Cidades

Cabo Frio adere Paralisação Nacional da Educação

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

A cidade de Cabo Frio também teve participação na Paralisação Nacional da Educação, que realizou uma série de protestos simultâneos em todos os cantos do país contra o corte de verbas promovido pelo governo federal.

Um ato realizado na Praça Porto Rocha, no Centro da Cidade, por volta das 14h, reuniu centenas de estudantes, professores e sociedade civil. O grupo se reuniu na praça, onde fizeram pronunciamentos em defesa da educação pública gratuita e de qualidade, e também contra a proposta de reforma da previdência. Em seguida seguiram pelas ruas da cidade.

 

Protesto Nacional - Em nota divulgada pela União Nacional dos Estudantes (UNE) estimasse que 82 instituições, entre universidades públicas, privadas e institutos federais, paralisaram as atividades em apoio a paralisação nesta quarta-feira, 15. O protesto também teve o apoio de professores de redes estaduais e municipais de educação.

O protesto foi motivado após o  secretário de Educação do MEC anunciar que vai cortar 30% dos repasses para todas as universidades federais. O anúncio foi feito depois das reações críticas ao corte da verba de três universidades que tinham sido palco de manifestações públicas.

 

Mais lidas da semana