Mídias Sociais

Cidades

Atuação da Guarda Municipal de Carapebus em operações de combate ao tráfico de drogas é elogiada por delegado da 135ª DP

Publicado

em

 

Pela participação de 3 guardas municipais que atuam em canis durante cumprimento de 18 mandados de prisão preventiva na Operação Assepsia, a Prefeitura de Carapebus foi elogiada pelo delegado Rodrigo Maia, da 135ª Delegacia de Polícia (135ª DP), de Itaocara.

O documento foi enviado ao município em novembro de 2020 após o sucesso da operação que investigava facções do tráfico de drogas no Noroeste e no Norte Fluminense, e que resultou na prisão dos 18 investigados sem “sequer um disparo de arma de fogo”, como ressalta o texto.

Além dos 3 guardas municipais de Carapebus, participaram também guardas municipais de Campos dos Goytacazes, Casimiro de Abreu e Rio Bonito, que atuaram com cães farejadores, além de agentes de várias delegacias do Noroeste Fluminense, do 6º Departamento de Polícia de Área (6º DPA) e da Polícia Militar (PM), totalizando 60 agentes de segurança.

Em março de 2021, o juiz Rodrigo Rocha de Jesus, da Vara Única de Itaocara, decretou a prisão de mais 31 suspeitos de tráfico de drogas na cidade, em Aperibé e em Campos, iniciando a Operação Assepsia II, que teve ainda 24 mandados de busca e apreensão.

A Guarda Municipal de Carapebus também participou dessa 2ª operação juntamente com a PM, o Departamento de Operações com Cães (DOC), o Grupamento de Operações Especiais (GOE), e do Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ), que resultou na prisão de 24 suspeitos tanto em Itaocara quanto em Campos, deixando, na ocasião, 5 pessoas foragidas.

Mais lidas da semana