Mídias Sociais

Cidades

Arraial do Cabo, Araruama e Búzios determinam uso obrigatório de máscaras como medida de proteção

Publicado

em

 

O uso de máscaras que já era uma recomendação como medida preventiva ao Covid-19, mas a partir desta semana, algumas cidades da Região dos Lagos tornaram o uso do item obrigatório.  Entre as cidades que já assinaram o decreto estão: Arraial do Cabo, Búzios e Araruama.

Búzios foi o primeiro município a anunciar a decisão, através do Decreto nº 1.387, publicado no Boletim Oficial nº 1.063, do dia 17 de abril de 2020. Desde então todas as pessoas devem se proteger com máscaras, desde que saiam de suas residências. A medida segue a orientação recente da OMS (Organização Mundial da Saúde) e do Ministério da Saúde, como estratégia para evitar a transmissão comunitária do novo coronavírus e diminuir o contágio em massa da COVID-19.

Em Araruama, o decreto foi publicado nesta segunda-feira, 20. Ele torna obrigatório o uso de máscaras de proteção pela população em geral que tiver necessidade de sair às ruas. Além disso, todos os comerciantes e prestadores de serviços que possuem estabelecimentos autorizados a funcionar no município, estarão obrigados a fornecer aos seus funcionários máscaras, mantendo-se as obrigações já estipuladas no decreto de nº 80 de 13 de abril de 2020. Está também vetado o atendimento a consumidores que não estejam utilizando máscara de proteção.

Cartórios, bancos e lotéricas deverão obrigatoriamente disponibilizar um funcionário para organizar as filas de forma a manter o distanciamento seguro na área externa. Para garantir o cumprimento do decreto, a equipe de fiscais de posturas estará apta para notificar e penalizar as empresas que descumprirem o presente documento.

Arraial do Cabo também determinou o uso de máscaras em decreto assinado nesta segunda-feira, 20.

 

Orientações sobre o uso de máscaras

 

Vale lembrar que a orientação é para que as pessoas deem preferência para máscaras caseiras, garantindo que não falte material apropriado para o uso dos profissionais de saúde.

Para ser eficiente como uma barreira física, a máscara caseira precisa seguir algumas especificações, que são simples. É preciso que a máscara tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja dupla face. E mais uma informação importante: ela é individual. Não pode ser dividida com ninguém. As máscaras caseiras podem ser feitas em tecido de algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos, desde que desenhadas e higienizadas corretamente. O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.

 

Mais lidas da semana