Mídias Sociais

Cidades

Após protestos de moradores do Jacaré e tráfico fazendo o trabalho da prefeitura, Alair decide fazer mutirão de limpeza por toda a cidade

Avatar

Publicado

em

 

A prefeitura de Cabo Frio começa a se movimentar para amenizar a situação de caos que a cidade se encontra. Um dia após moradores do Jacaré protestarem pela falta de coleta de lixo e entulho nas ruas o prefeito Alair Corrêa (PP) anunciou na manhã desta sexta-feira (22), um mutirão de limpeza em vários bairros da cidade. O anúncio foi feito através das redes sociais.

Segundo Alair, o trabalho já foi feito na Vila Nova, no Centro, no Itajurú, na Ville Blanche, no Jardim São Francisco e no Portinho. Um dos bairros que mais tem gerado reclamações por parte dos moradores, Jacaré, também está na lista do mutirão de limpeza.

Muito se fala que a decisão de Alair se deu por conta do ocorrido no bairro Jardim Peró, quando supostamente o recolhimento do lixo foi feito a mando do tráfico. Segundo os moradores, traficantes pagaram uma máquina para realizar o serviço. A Polícia Militar não confirma essa informação.

Alair disse, no texto que publicou na internet, que o serviço será feito com 'grande sacrifício' e pediu aos moradores que não joguem entulho nas calçadas. O prefeito lembrou ainda das dificuldades financeiras enfrentadas pelo município, e que a cidade já não é mais rica: "Solicitamos a compreensão de todos: não jogue mais esse material sobre os passeios públicos. É feio, é falta de respeito para com os que não jogam, é falta de amor á cidade onde vive com sua família. Já não somos mais uma cidade rica" – escreveu o prefeito.

O problema de acúmulo de lixo em vários pontos da cidade se acentuou depois que a Prefeitura deixou de fazer o serviço há alguns meses. A situação tem levado alguns moradores a se mobilizar para resolver a situação. Um dos exemplos é o caso dos vizinhos de uma rua do bairro Jardim Excelsior, que fizeram uma vaquinha para uma empresa partícula recolher o entulho

Medidas desesperadas tomadas por uma população desesperada. Nada disso seria necessário se a prefeitura fizesse a sua parte. Se a administração fosse o mínimo consciente, a população não sofreria metade do que está sofrendo. Morador  nenhum merece passar por isso.

 

Mateus Marinho

Mais lidas da semana