Mídias Sociais

Artigos

Uma mãe no espelho

Avatar

Publicado

em

 

Crianças veem, crianças fazem.
Nós mães, ensinamos muitos valores e comportamentos que consideramos certos, mas talvez esqueçamos do que transmitimos sem perceber. Aquilo que ensinamos através do nosso exemplo diário, ao externar nossas atitudes.

Sonhamos com um mundo de filhos mais saudáveis e por vezes esquecemos que a
resposta pode estar na coerência entre nosso falar e o fazer.

De certo que ao sermos mães humanas também possuímos nossos pontos de melhoria.
Carregamos em nós as nossas imperfeições e nos damos conta que somos gente.

Tratar nossas fragilidades de forma positiva poderá no caminho ser uma forma de ensinar nossas crianças a lidarem melhor com suas próprias vulnerabilidades. Todos
temos limitações e mostrar como lidar com elas poderá ser uma grande escola para ambos.

O carinho, a proteção, o amor, o cuidado e a atenção com nossos filhos não são apenas
instintivos. Nessa relação existe uma conexão inexplicável que vai além do nome de qualquer sentimento, uma ligação que é única. E dentre tantos nomes e apelidos:
Manhê, Mami, Mamita, Mainha, Velhinha, Mamusca, Rainha, Heroína, Dona, Mãezinha,
Mama ... para nossos filhos nós seremos sempre o seu primeiro espelho.
Eu te convido mãe agora e receber esta mensagem...

“... Mãe, você não sabe disso agora... mas eu estou te observando. Observando as
coisas que você faz. Observando como você trata as pessoas e a forma como você metrata. O modo como você vive esta tendo um grande impacto em mim. Quando chegar a minha hora de tomar decisões importantes a sua história estará em minha mente. O
tempo que você passa comigo, mesmo fazendo algo bobo, fará com que eu me sinta mais confiante. Haverá momentos em minha vida em que lutarei com minha integridade e talvez eu não esteja certo do que fazer. Mas me recordarei de como você defendia aquilo que era correto, mesmo que por vezes tenha olhado para o outro lado. Algumas
das escolhas que você esta fazendo eu também farei. Por favor, não tenha medo de mostrar seus fracassos, de mostrar os seus erros pois eu aprenderei com eles. Mãe
você está lendo? Eu preciso da sua ajuda para me mostrar o caminho. Me mostrar
como viver uma vida que não é segura. Mas é boa! Eu estou te observando mãe. Todos os dias. Observando se realmente crê naquilo que fala sobre a vida. Mãe você está me ensinando como viver... ainda que não saiba...”
Feliz dia das Mães!!
“In memoriam” a minha mãe Iolanda Quintino Teixeira

Paulo Maravilha – Coach de Vida, Entusiasta, Escritor.

Mais lidas da semana