Mídias Sociais

Artigos

O peso da oportunidade

Avatar

Publicado

em

 

Em cada ano de eleição a população renova suas esperanças. É depositada em cada urna uma mistura de confiança e expectativa. Isso tem um peso enorme e não poderia ser diferente. Esse peso é ainda maior quando o recebedor daquele voto chega ao poder, isto porque naturalmente ele vai ser cobrado como alguém que teve em suas mãos a possibilidade de fazer o que se esperava dele.

Assim é a democracia e os mandatários são sabedores disso. Numa campanha eleitoral isso é ainda mais evidente porque enquanto um deve apresentar seus planos para o futuro, é essencial que o mandatário além do que virá, preste conta do que já passou. Como um eleito, pode almejar uma reeleição sem ao menos provar que a passagem que teve deixou saudade?

Em Macaé, desde que me entendo por gente, é comum se ouvir da população uma reclamação geral com o desempenho do vereadores. Esse descontentamento, até hoje, não refletiu numa mudança significativa na Câmara Municipal. Por que? São vários motivos complexos e muitos difíceis de se resolver, mas um em especial é a falta de participação política depois da eleição.

Depois do primeiro domingo de outubro, muitos de nós mergulhamos na nossa rotina, ficamos insatisfeitos com as políticas públicas, mas também não nos damos ao trabalho de saber se aquele escolhido por nós cumpre com dignidade seu mandato. Os anos vão passando, o desinteresse persiste e só no período eleitoral essa discussão volta à tona. Não pode ser assim.

Recentemente um amigo deu um exemplo precioso, ele disse: Você trabalha um terço do seu ano para pagar imposto. Aquele imposto é o seu “investimento” e ele é gerido e fiscalizado por “gerentes” que você escolheu. Passam quatro anos, você não vê o retorno daquele investimento todo e você vai continuar entregando o seu dinheiro para eles tomarem conta? Não faz sentido.

Mais uma vez os nomes nos serão apresentados. Para aqueles que já exerceram a função, que a gente peça referência dele: O que fez, como se posicionou e o porquê de cada ação. Para aqueles que pedem o emprego pela primeira vez, que nossa análise de currículo seja minuciosa e caminhe junto com uma boa entrevista de emprego. Precisamos dedicar nosso tempo e esforço nisso, porque esses funcionários que elegeremos, terão uma estabilidade de 4 anos que jamais voltarão.

 

 

Daniel Raony

Advogado, Pós-graduado em Gestão de Políticas Públicas e formado no RenovaBR Cidades.

E-mail: danielraony@hotmail.com

No instagram e no facebook: Daniel Raony

Mais lidas da semana