Categoria sairá nas ruas com bloco “Meu pirão primeiro”, como forma de protesto. 

Os profissionais da educação de Cabo Frio reafirmaram o início da greve nesta quinta-feira, 01. Segundo a categoria, as atividades permaneceram interrompidas por tempo indeterminado, até que todos os benefícios atrasados sejam pagos.

Para marcar o início na paralisação das atividades foi realizada uma passeata pelas ruas do Centro da cidade. O trânsito ficou bem lento.

Ainda de acordo com o Sindicato dos Profissionais da educação – Sepe Lagos, há atos marcado para a próxima segunda e quinta-feira, 05 e 02. No primeiro dia será feito um ensaio e no segundo a saída com o bloco “Meu pirão primeiro”, que é uma forma de manifesto da categoria.

Sem previsão para o fim do ano letivo – Com a nova greve, a conclusão do ano letivo de 2017 continua sendo uma incógnita. A reposição das aulas começou nesta quinta-feira, 01, mas diversas unidades continuaram sem aula devido à Greve.

De acordo com o último levantamento divulgado pela secretaria de educação das 87 unidades de ensino do município, apenas 24 conseguiram concluir o ano letivo. Lembrando que a reposição é necessária para cumprir os 200 dias letivos previstos pela Lei de Diretrizes e Bases (LDB), que regulamenta a educação no Brasil.