Virtualmente classificada para a próxima fase, a Cabofriense encerra a sua participação na primeira fase do Campeonato Carioca neste sábado, dia 13, quando irá encarar o América, às 16 horas, no Estádio Giulite Coutinho. Líder da chave, o Tricolor Praiano só não ficará com uma das duas vagas na fase principal se uma improvável combinação de resultados acontecer.

Liderando a chave com 10 pontos, a Cabofriense só depende de um simples empate para garantir matematicamente a classificação para a próxima fase. O time comandado pelo técnico Antônio Carlos Roy pode avançar mesmo em caso de derrota. Se perder para o América, o Tricolor Praiano ainda se classifica se Macaé ou Goytacaz não vencerem seus jogos.

Caso Macaé e Goytacaz vençam suas partidas, a Cabofriense ainda assim não estaria eliminada logo de cara. Para ficar fora da zona de classificação, os adversários teriam que tirar uma diferença de 4 gols de saldo (no caso do Macaé) e seis (no caso do Goytacaz). Na prática, significa dizer que, se a Cabofriense perder por 1 a 0, o Macaé teria que bater o Resende por pelos menos 3 a 0 e o Goytacaz teria que golear o Bonsucesso por 5 a 0. Só assim o time de Cabo Frio terminaria a primeira fase fora da zona de classificação.

Para o duelo deste sábado, a Cabofriense poderá entrar em campo desfalcada do volante Kaká Mendes. O jogador está com um incomodo na coxa direita, ele é dúvida e só deve ter a situação definida momentos antes da partida. O atacante Abner é outro que desfalca o time, já que está lesionado.

Sérgio Barcellos

Foto: Léo Borges