O Macaé esteve muito perto de dar um passo enorme rumo a classificação para a fase principal do Campeonato Carioca, mas acabou tropeçando. Na tarde desta quarta-feira, no Eduardo Guinle, o Alvianil Praiano chegou a abrir um 2 a 0 no placar, mas viu o América reagir e arrancar um heroico empate por 3 a 3.

O resultado embolou bastante a briga pela classificação. Com o empate, o Macaé chegou aos sete pontos ganhos, voltando ao G-2. Se a competição terminasse hoje, o Alvianil Praiano estaria entre os classificados junto com a Cabofriense. Para avançar à fase principal do Carioca sem depender de outros resultados, os macaenses agora terão que vencer o Resende no Estádio do Trabalhador. Em caso de empate, o Macaé terá que torcer para que não tenhamos um vencedor do duelo entre Bonsucesso e Goytacaz.

O Macaé desperdiçou a sua melhor chance de abrir o placar na partida até então aos 22 minutos, quando Marlon derrubou Matheus Barcelos na área. O árbitro assinalou a penalidade máxima a favor dos macaenses e, na cobrança, Pipico acertou a trave. O Alvianil Praiano seguiu pressionando e abriu o placar aos 41 minutos, com Matheus Barcelos.

Aos 44 minutos, o Macaé ampliou a vantagem. Em rápido contra-ataque, o Alvianil Praiano pegou a defesa adversária de surpresa e Pipico mandou a bola para as redes. Aos 47, o América descontou com Correa, que acertou um belo chute de fora da área, surpreendendo o goleiro Andrey.

Na etapa final, o América chegou ao empate logo aos 6 minutos com Anderson Kunzel. O Macaé não se entregou e ficou mais uma vez a frente do placar aos 17 minutos, novamente com Pipico balançando as redes. Só que aos 24 minutos, o América mais uma vez estragou a festa do Macaé e chegou novamente ao empate com Berlarmino, marcando de cabeça e dando números finais a partida.

Sérgio Barcellos

Foto: Bruninho Volotão