O Macaé Basquete segue trabalhando na montagem do elenco para a disputa da Liga Ouro. Após anunciar a contratação de três reforços na última semana, o Alvianil Praiano divulgou nesta quarta-feira mais dois nomes que farão parte do plantel da equipe: o ala-pivô Pablo Sueiro e o ala-armador Matheuzinho. Ambos são crias das categorias de base do clube. A Liga Ouro começa em fevereiro.

Pablo Sueiro está no Macaé Basquete desde os 10 anos de idade. Na ocasião, ele foi convidado a integrar o time mirim da equipe. De lá para cá, passou por todas as categorias de base até fazer parte do elenco que disputou a Copa Brasil em 2013, um torneio no formato antigo da Liga Ouro. Junto com seus companheiros, ele escreveu o seu nome na história do clube ao conseguir a tão sonhada vaga no NBB.

“Não tenho palavras para descrever o sentimento de defender a camisa do Macaé Basquete e de levar o nome da cidade ao mais alto nível. E este é mais um ano em que vamos lutar para voltar ao NBB e levar o Macaé de volta ao cenário nacional”, afirmou Pablo por meio da assessoria de imprensa do clube.

Matheuzinho também já escreveu sua história no Macaé. Ele começou no Basquete na Praça, um dos projetos sociais promovidos pelo clube. O atleta também disputou a Liga de Desenvolvimento do Basquete (LDB) e o próprio NBB pelo Alvianil Praiano.  O jogador se mostrou muito grato ao clube: “Graças ao esporte, hoje eu faço faculdade (cursa Educação Física, por meio de uma parceria entre o Macaé Basquete e a Universidade Estádio de Sá) e tenho uma vida estabilizada”, afirmou Matheuzinho.

Matheuzinho falou também sobre a temporada. “Na verdade o Macaé nunca deveria ter saído do NBB e isso só aconteceu por falta de patrocínio. Tenho que treinar forte porque o Macaé está montando uma equipe bastante competitiva”, contou.

Os jogadores chegam com a confiança e aval do treinador. “Foram garotos que passaram pelo processo de formação pelo clube e são identificados com a torcida por serem de Macaé. Apesar da busca por parcerias para montar um time competitivo, é sempre bom contar com talentos locais, formados pela instituição. É uma chance para ambos de amadurecimento na carreira”, afirmou Léo Costa.

O Macaé Basquete é patrocinado pela Unimed Costa do Sol, SAME, Cavaleiros Comunicação, Falck Safety, ACIM, Ramada Steak House, Aktion Sports, Botica D’Rossi, Cavaleiros Comunicação, Shop & Cia, American Insight, Adail Costa, Iris Mídia, Planet Cinemas, Garagem Centro de Artes, Vivendas da Lagoa e Maple Bear. Além disso, conta com o apoio da Universidade Estácio de Sá, Tênis Clube e das empresas parceiras do programa Somos Macaé Basquete.

Sérgio Barcellos

Foto: Carlos Fernandes