Em encontro com o subcomando do 9° GBM (Grupamento de Bombeiro Militar), de Macaé, ficou definida ajuda com o lanche dos alunos participantes.

O Projeto Botinho voltou com força total em Macaé neste ano. As inscrições para participar da colônia de férias do Corpo de Bombeiros começaram nessa segunda-feira (08) e terminaram nessa terça-feira (09). Em Macaé, neste ano, foram disponibilizadas 150 vagas.  A iniciativa havia sido suspensa por corte de gastos.

Engajados em projetos sociais em Macaé, empresários da cidade se uniram e vão colaborar com alimentação dos alunos participantes do Projeto Botinho, que em Macaé vai acontecer na Praia dos Cavaleiros.

Segundo João Lemos, proprietário da empresa Pacific , durante reunião realizada semana passada com o subcomando do 9° GBM (Grupamento de Bombeiro Militar), de Macaé, ficou definida que a iniciativa privada vai contribuir com o lanche dos alunos. Serão, de acordo com Lemos, 170 kits lanche por dia durante 11 dias do Projeto Botinho em Macaé.

Participam da ação também as empresas 100% Vídeo &  Fun , Hospital São Lucas, Colégio Aprovado e Hortifruti Vegetable.

Assim como o Projeto Botinho, os empresários ajudam também o projeto Jovem Atleta, iniciativa voltada para o jiu-jitsu e que incentiva os atletas a participarem de competições nacionais.

Sobre o Projeto Botinho

A colônia de férias da corporação acontecerá entre os dias 17 e 31 de janeiro em 30 praias de todo o Estado. Em Macaé, as atividades vão beneficiar crianças e adolescentes de 7 a 17 anos, no posto 2 da Praia dos Cavaleiros.

As aulas acontecerão das 8 às 11 horas, de segunda a sexta. Os alunos serão divididos em três turmas: Golfinho (7 a 11 anos), Moby Dick (11 a 14 anos) e Tubarão (15 a 17 anos).O projeto Botinho acontece desde 1963 com o objetivo de promover a cultura de prevenção a acidentes marítimos por meio de atividades lúdicas e orientadas. Os jovens recebem noções de preservação do meio ambiente, orientações sobre as condições do mar, sobre primeiros socorros e dicas para evitar afogamentos.

Daniela Bairros

Crédito: Divulgação