A previsão orçamentária de Búzios é de R$235.513.462,82.

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Búzios apresentou aos buzianos, nesta semana, uma prévia da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2018. Os dados foram mostrados em um audiência pública realizada na Câmara dos vereadores, que contou com a presença de representantes da sociedade civil, de entidades como a Associação Bem-querer, Asfab, APAE, Conselho Municipal de Saúde, ServBúzios, entre outros.

Na ocasião, o legislativo anunciou que a previsão orçamentária da cidade é de R$235.513.462,82. Deste valor, as maiores despesas previstas são para Saúde (R$62.999.741,75) Educação (R$57.862.933,47) Administração (R$28.713.588,84) e Urbanismo (R$ 28.669.880,35). Para Segurança Pública, a previsão orçamentária é de R$14.587.060,00.

Quantos às receitas correntes, a maior previsão é de Transferências Correntes (R$158.916.722,51), seguida da estimativa de Receita Tributária (R$50.439.985,92), Patrimonial (R$ 7.802.349,54) e Contribuições (R$6.061.170,28).

Vale lembrar que o projeto propõe a autorização para o Poder Executivo fazer abertura de créditos adicionais suplementares até o limite de 50%, ou seja, permissão para remanejar até metade do orçamento, sem necessidade de autorização da Câmara Municipal. Porém, tramita na Casa um projeto de emenda modificativa, de autoria da vereadora Gladys Nunes, que propõe que o remanejamento seja de até 10%.

Ainda durante a audiência o presidente da Comissão de Finanças e Orçamento Valmir Nobre informou que haverá outra audiência para finalizar os dados. “Até o dia 30 de dezembro, haverá outra audiência, onde as entidades poderão ter mais tempo para ler o projeto de lei e participar”, finalizou.