Em período de campanhas, o número chega a triplicar, segundo a gerente de Vigilância em Saúde.

 A Casa da Vacina Enfermeira Bernadette Franco Pacheco oferece atendimento humanizado, com cerca de seis mil doses de vacina por mês. Em período de campanhas, esse número chega a triplicar, segundo a gerente de Vigilância em Saúde, Ana Paula Dal-Cin. O calendário, que atende crianças, adultos e idosos, conta com 18 tipos de vacina. Os serviços são oferecidos de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h, na Rua Antero Perlingeiro, 76 – Centro. O acesso é livre demanda e basta levar o cartão de vacinação.

Os usuários contam com um local adequado, arejado, com salas de vacinação infantil e adulto, exame do pezinho e entrega de resultado, além da rede de frios (que armazena e distribui os imunobiológicos). Inaugurada em 2014, a Casa da Vacina também é campo de estágio para alunos da área de saúde de escolas técnicas. Além disso, é oferecida a Palivizuma, medicação aplicada em crianças prematuras que nasceram com até 28 semanas, e que busca prevenir infecções respiratórias agudas.

O local armazena todo estoque de vacinas do município, com controle rigoroso de temperatura e qualidade das doses. A equipe é formada por auxiliares e técnicos de enfermagem, assistentes administrativos e enfermeiros.

Além do espaço, o município tem 37 salas de vacina localizadas nas unidades da Estratégia Saúde da Família (ESF), Pronto-socorro do Aeroporto e HPM (vacina contra hepatite B nas primeiras horas de vida e BCG).

Com a proximidade do verão, Ana Paula Dal-Cin lembra que as pessoas não imunizadas contra a febre amarela devem procurar a Casa da Vacina, de segunda a sexta, das 8h às 16h, principalmente aquelas que frequentam a região serrana de Macaé.

Pezinho

O Teste do Pezinho é realizado em três unidades de saúde do município. Na Casa da Vacina, de terça a quinta-feira, das 8h às 12h. O serviço também é feito no Pronto-socorro do Aeroporto, o funcionamento é às quartas-feiras, das 8h às 16h (Rua Curuncango S/Nº). A região serrana também conta com o teste na ESF de Trapiche, às terças e quartas-feiras, das 9h às 11h. O responsável deve apresentar o cartão da criança, comprovante de residência e certidão de nascimento.

Da redação

Crédito: Divulgação