Representando a cidade de Macaé, o atleta Antônio Barreto conseguiu uma verdadeira façanha. Ele fechou a temporada como vice-campeão do Triathlon XTERRA Brasil 2017, na faixa etária de 35 a 39 anos, considerada uma das mais difíceis de todo o circuito, que é disputada por atletas de todo o país. Barreto chegou a este resultado após ter conquistado o 6º lugar na etapa de Paraty (RJ), disputada no último final de semana. Detalhe: o campeão da categoria foi Robert Silveira, que faturou o título por uma diferença de apenas 3 pontos.

O XTERRA Brasil 2017 de Triathlon contou com 12 etapas na temporada. Destas, Barreto conseguiu um lugar no pódio em três oportunidades. Foi campeão em Pedra Azul (ES) no mês de julho, e ainda conquistou mais dois vices, um na Bahia em abril e outro em Mangaratiba (RJ), em agosto.

Antônio Barreto é natural de Salvador na Bahia, mas está morando em Macaé há 25 anos. É formado em educação física e deu início a carreira no triathlon em 2016. De lá para cá, ele vem acumulando conquistas por todo o Brasil. É importante lembrar que essa não é a primeira vez que Barreto conquista o vice-campeonato do Triathlon XTERRA Brasil. No ano passado, ele também fechou a temporada como o segundo colocado no geral. A diferença é que na ocasião, o atleta não conseguiu nenhum pódio, mas foi regular em todas as etapas.

A etapa do último final de semana, em Paraty, foi considerada uma das mais difíceis de toda a temporada. Ela contou com a participação de aproximadamente 300 atletas e contou com participantes do mais alto nível técnico, segundo os próprios competidores. Barreto chegou em 6º na categoria de 35 a 39 anos, ficando com o 24º lugar no geral da prova. Neste mesmo evento, ele precisou percorrer 1500 metros de natação, 27 quilômetros de bike e mais 6,5 quilômetros de corrida.

“Sempre gostei de esporte. Me dedico ao extremo. Sei que tudo é possível quando depende de nossos próprios esforços. Com esse apoio que tenho na cidade,  com as pessoas que me seguem nas redes sociais sempre me incentivando, sei que posso ir mais longe. Isso faz com que eu esteja buscando sempre estar entre os melhores. Em cada momento de dificuldade nas provas eu lembro dessas pessoas. Espero contar com todo esse suporte novamente no próximo ano, para que em 2018 buscar uma vaga no mundial, que será no havaí”, afirmou Barreto.

Atualmente, a fera conta com os seguintes apoios/patrocínios: Dra Monique Munhoz, Botica D’Rossi, Restaurante Beringela Natural, Academia Infinity, Padaria Braga e Pacific, Posto Ipiranga Costa do Sol, Forlife Nutrition, Bike Clube, Lar e Cya e a Secretaria de Esportes.

Sérgio Barcellos

Foto: divulgação