Show celebrou os 402 anos de história de Cabo Frio

Mais de 20 mil pessoas lotaram a Praia do Forte, em Cabo Frio, nesta segunda-feira, 13, durante o show da Cantora Alcione. O evento foi um presente de aniversário à cidade, que completou 402 anos de história. Durante o show, a cantora embalou o público com seus grandes sucessos.

Antes de subir ao palco, a cantora recebeu alguns fãs no camarim, incluindo o Prefeito Marquinho Mendes e sua esposa. A cantora falou do prazer que estava sentindo em cantar durante o aniversário de Cabo Frio. Alcione contou ainda sobre sua ligação com a cidade, que é a terra natal de um de seus músicos, Alvinho Santos, que há 18 anos acompanha a artista.

“Tenho uma ligação muito forte com as cidades da Região dos Lagos. Tenho família e amigos que moram aqui. Tem o Alvinho, um grande parceiro, que é cabo-friense. E poder cantar na festa de aniversário de 402 anos de Cabo Frio está sendo uma enorme alegria. Parabéns para vocês. Felicidade para todos os cabo-frienses. Estou muito honrada de estar aqui, hoje. E obrigada por me escolherem para cantar nesse dia tão especial, nessa cidade tão linda. Parabéns”, comentou Alcione.

 A festa ainda não acabou – A programação de shows pelo aniversário de Cabo Frio, no palco da Praia do Forte, encerrou na noite desta terça-feira, 14, com o show gospel da banda Preto no Branco levando ritmos como black music, soul, R&B, samba, pop rock e indie rock entre outros.

Mas, a festa ainda continua nesta quarta-feira, 15, no Largo São Benedito, na Passagem, com um encontro musical inédito e histórico, unindo dois dos mais importantes músicos do Brasil: de um lado Roberto Menescal, músico, arranjador, produtor, um dos pilares da bossa nova e parceiro em clássicos como “O barquinho”, “Ah, se eu pudesse”, “Errinho à toa”, “Nós e o mar”, “Rio”, “Você” e “Vagamente”, só para citar alguns. De outro o cabo-friense Abel Silva, escritor e letrista de mão cheia, que tem entre os parceiros mais constantes nomes como Fagner, João Donato, Dominguinhos, João Bosco, Moraes Moreira, Francis Hime, Ivan Lins, Geraldo Azevedo e o próprio Menescal.