Três pessoas acabaram morrendo vítimas de acidentes no trânsito

Durante o fim de semana diversos acidentes foram registrados nas estradas da Região dos Lagos. Dois deles acabaram deixando três vítimas fatais.

Na madrugada de domingo para segunda-feira, um motociclista acabou morrendo ao atropelar um pedestre, na Rodovia Amaral Peixoto, na altura do bairro Botafogo, em São Pedro da Aldeia.

Na tarde de domingo, 12, duas pessoas morreram e uma ficou ferida, também vítimas de um acidente de Trânsito. O caso também foi registrado na Rodovia Amaral Peixoto, desta vez na altura do Condomínio Vila Branca, em Iguaba Grande.

Testemunhas disseram que um casal de idosos, que estava em um dos carros morreu na hora. Enquanto o condutor do outro veículo foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o Pronto Socorro da cidade.

Na noite de sábado, um outro acidente foi registrado em São Pedro da Aldeia. Três carros acabaram envolvidos em uma colisão ocasionada por um cavalo solto na pista.

Segundo testemunhas, o animal atravessou a pista, sendo atingido por um dos carros, que não conseguiu desviar. O veículo que vinha em seguida não conseguiu frear, atingiu o automóvel à frente, em seguida passou por cima do animal.

Os outros carros envolvidos no acidente acabaram colidindo com a mureta, na tentativa de desviar do acidente. Os condutores dos veículos foram socorrido pelo Corpo de Bombeiros e nenhum teve ferimentos graves.

Infelizmente, essa não é a primeira vez que a Rodovia registra acidentes envolvendo animais soltos.

De acordo com a Prefeitura de São Pedro da Aldeia, o município não possui carros ou espaço específico para a apreensão de animais soltos nas vias. No âmbito das estradas estaduais, o município conta com um posto do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), responsável pelo policiamento ostensivo de trânsito rodoviário e por ações de preservação da ordem pública nas rodovias. As ocorrências recebidas pela Secretaria Municipal de Agricultura são comunicadas ao Batalhão, que providencia o veículo para a retirada do animal na pista ou em suas proximidades. Os animais recolhidos são enviados para o Curral de Itambí, em Itaboraí. Com relação à multa e/ou notificação ao dono, o procedimento não é de responsabilidade da Prefeitura. Já em âmbito municipal, a Guarda Ambiental, sob coordenação da Secretaria Municipal de Ambiente, executa um trabalho de apoio, recebendo denúncias e efetuando operações de recolhimento, encaminhamento e, quando necessário, notificação por escrito, ao dono do animal.