A abertura do espaço faz parte das ações em comemoração ao aniversário da cidade

Nesta segunda-feira, 13, data em que Cabo Frio comemora 402 anos de história, os cabo-frienses comemoraram a abertura do Centro Municipal de Reabilitação Osmane Sobral Rezende. O espaço, localizado no Novo Portinho, irá realizar tratamentos de fisioterapia neurológica.

A cerimônia de abertura do espaço aconteceu logo no início do dia e contou com a presença do Prefeito, Marquinho Mendes, além da vice prefeita Rute Schuindt, do secretário de Saúde, Roberto Pillar, do presidente da Câmara, Aquiles Barreto, além de vereadores, secretários e demais membros do governo.

Na ocasião, o Prefeito Marquinho Mendes falou que foi necessário uma obra para recuperar o espaço, que esteve abandonado nos últimos quatro anos. E destacou ainda que tem muito a fazer para reconstruir Cabo Frio.

“Inaugurado ele foi em 2012. Também não é reinauguração porque ele nunca foi usado. Então, estamos apenas abrindo o espaço, oficialmente, para atendimento ao público”, explicou o prefeito, lembrando que a a placa da solenidade de abertura é a mesma de dezembro de 2012.

Marquinho Mendes ainda destacou a importância da união e contou sobre o convênio realizado com a universidade Estácio de Sá, que proporcionará um aprendizado a mais para os alunos, além de mais atendimentos para a comunidade.

Através do convênio, a expetativa é que o espaço se tornar uma clínica-escola. Ou seja, além de fisioterapeutas da Secretaria de Saúde, o planejamento é que alunos e professores da Estácio também realizem atendimentos no local, oferecendo serviços como hidroterapia (adulto e infantil), fisioterapia respiratória, fisioterapia aquática, eletroterapia, traumato-ortopedia, terapia ocupacional, neurologia, neuro-pediatria e fonoaudiologia.

O prefeito destacou ainda que outras inaugurações acontecerão nos próximos dias. “Dia 20, será inaugurada a nova Casa do Idoso, às 9h, na Avenida Teixeira e Souza. Dia 24, reinauguraremos o novo espaço turístico da Praça da Cidadania; Dia 30, será o PAISM do Ibascaf; Dia 1º de dezembro reinauguraremos o Café do Trabalhador”, adiantou o prefeito, que disse ainda, que o edital para a venda da folha de pagamento já está terminado. “Vamos licitar a folha de pagamento e com este dinheiro, teremos assegurados o 13º salário dos servidores”, finalizou o prefeito.

Sobre o Centro Municipal de Reabilitação – O Centro Municipal de Reabilitação foi projetado para realizar 300 atendimentos por dia. O prédio possui uma área de 1.300 m², com recepção, duas piscinas aquecidas (uma de 25 mil litros e outra de 45 mil litros), seis banheiros, uma copa, quatro vestiários, um ginásio com esteiras ergométricas, bicicletas, maca ortoestática, entre outros aparelhos e duas salas administrativas. O Centro também dispõe de uma sala de fonoaudiologia, uma de psicologia, uma de artes manuais (culinária, pintura, macinha) e sete salas de fisioterapia, sendo uma para psicomotricidade, uma para neuropediatria, três para eletrotermoterapia, uma para comportamento motor e uma de avaliação.

Para tornar o espaço mais humanizado, as paredes do local foram decoradas com quadros pintados e cedidos por artistas locais como Carlos Alberto Fouraux, Eliane Guedes, Anderson Carvalho, Ivan Cruz, Cássia Fouraux e Roger Viana.

De acordo com o coordenador geral de fisioterapia de Cabo Frio, André Luis Bandeira, a abertura do Centro de Reabilitação vai atender uma antiga necessidade da população cabo-friense. “O local vai disponibilizar um serviço de excelência com infraestrutura e qualidade no atendimento, especificamente na reabilitação neuro-funcional adulto e pediátrico, trazendo avanço para a saúde da cidade”, completou o coordenador.

O Centro contará com uma equipe multidisciplinar de fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogo e assistente social. O atendimento será especializado e diferenciado para tratar patologias como sequelas de Acidente Vascular Encefálico, Parkinson, traumatismo crâneo-encefálico, lesões medulares de esclerose múltipla, distrofia muscular progressiva, síndrome de Guillain-Barré, entre outras.

Os primeiros pacientes já começam a ser atendidos na próxima terça-feira (21): são pessoas que já estavam em tratamento de fisioterapia neurológica na unidade de saúde São Cristóvão. Para novos pacientes, o agendamento será feito no próprio Centro de Reabilitação mediante apresentação de carteira do SUS, identidade, comprovante de residência e encaminhamento médico.