Desde 2010, Macaé já cumpre a exigência no PNAIC

 

Daniela Bairros

 

O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) é um compromisso assumido pelos governos estaduais, municipais e a União para assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos, ao final do terceiro ano do Ensino Fundamental.

Macaé já cumpre a exigência no PNAIC desde o ano de 2010, com o objetivo de despertar no aluno da educação infantil a vontade de ler e escrever por meio da alfabetização e letramento. Profissionais da educação participam de capacitações sobre o pacto, tanto em Macaé, no Centro de Formação Carolina Garcia, como em seminários no Rio.

De acordo com a coordenadora local do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa e coordenadora pedagógica da secretaria de Educação, Eliana Salgado, são cumpridos os calendários de reuniões técnicas e os profissionais são capacitados com conferências, minicursos, seminários, tudo para dar suporte ao profissional para trabalhar dentro das exigências do MEC. “Macaé avançou no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa por entender o significado da alfabetização plena que o MEC determina, com crianças produtoras de textos com autonomia e leitura fluente. Para isso temos que dar conta das diretrizes de aprendizados definidas para cada ano de escolaridade”, explicou Eliana.

Onze formadores locais têm o compromisso de ir nas escolas da rede semanalmente para acompanhar a prática dos professores, em parceria com a equipe gestora das unidades escolares.

O secretário de Educação, Guto Garcia, destacou que a formação é uma das ações da secretaria. “Estamos cumprindo o que prevê o Pacto Nacional de Educação, os alunos precisam cursar o quarto ano do Fundamental I lendo e escrevendo e prontos para adquirir outras competências que serão trabalhadas pelos professores”, destacou.

De acordo com o secretário, Macaé já está cumprindo uma das responsabilidades do Pacto Nacional de Educação desde o inicio do primeiro semestre letivo, atendendo os professores do primeiro ao quinto ano do Ensino Fundamental dentro da formação mensal. “Haverá também capacitação para os professores do pré-escolar da Educação Infantil, dando início às novas normas do PNAIC”, definiu.

 

Crédito: Juranir Badaró