O recurso, que é gratuito, está disponível para utilização nos sistemas Android e IOS, da Apple Store.

Daniela Bairros

 

Os motoristas autônomos, que prestam serviço de táxi em Macaé, estão sendo cadastrados no aplicativo Táxi Macaé Sintamm. O recurso, que é gratuito, está disponível para utilização nos sistemas Android e IOS, da Apple Store. A nova referência para os passageiros é uma parceria do Sindicato dos Taxistas Autônomos e Auxiliares do Município de Macaé e a prefeitura. O objetivo é propiciar melhor gestão do serviço com agilidade e eficiência.

O usuário consegue ter acesso à placa do veículo, localização do táxi mais próximo, além dos pontos da áreas próximas que o passageiro estiver. No momento em que o passageiro chamar um táxi, o próprio aplicativo enviará alerta ao carro mais próximo. Para os motoristas cadastrados, a solicitação chega de forma automática, com imediata identificação do local onde o cliente está. Outra vantagem é que o cliente não paga nada para fazer a chamada pelo aplicativo, que seguirá pagando somente a corrida, conforme o preço fixado no taxímetro. Nos outros aplicativos, o condutor paga taxa para usá-los, valor naturalmente repassado aos passageiros.

A medida intensifica a atuação do serviço, que se torna mais qualificado e com gestão efetiva sobre a frota. De acordo com o presidente e fundador do Sindicato dos Taxistas Autônomos e Auxiliares do Município de Macaé (Sintamm), João Luiz Conceição Lobato, a criação do aplicativo marca um novo tempo na atuação dos motoristas. “O aplicativo Táxi Macaé Sintamm facilita o trabalho dos taxistas, que têm condições mais competitivas de mercado, que hoje conta com outros aplicativos. Conseguimos também atender com mais qualidade, reconhecendo o perfil do usuário de Macaé, que está recebendo um atendimento diferenciado e mais dinâmico”, comenta João Lobato.

Macaé conta com 178 autônomos, que prestam o serviço de táxi no município. Os interessados em se cadastrar e obter mais informações quanto ao Sintamm podem ligar para os telefones (22) 99734-6227 ou (22) 2142-4122.

 

Crédito: Mauricio Porão