Serão realizadas palestras no auditório do IFF, a partir das 13h

Daniela Bairros

O Dia Mundial da Alimentação, comemorado no dia 16 deste mês, coincidindo com a data de fundação do Fundo das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), será lembrado em Quissamã, pelo Instituto Federal Fluminense (IFF). A iniciativa, em parceria com a Prefeitura, por meio da secretaria municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca, tem a finalidade de desenvolver uma reflexão a respeito do quadro atual da alimentação mundial, a partir da utilização de produtos orgânicos.

As palestras acontecem no auditório do IFF, às 13h. Haverá ainda o jardim sensorial, com mostra de alimentos mais contaminados por agrotóxicos e feira de alimentos locais, às 15h, no pátio da escola, com entrada franqueada ao público.

Entre os temas que serão apresentados estão “O que é alimentação saudável? Guia alimentar para a população brasileira”, com a nutricionista Vanessa Proeza; “Experiência da Prefeitura de Quissamã com o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)”, com o técnico Daniel Chagas e  “Comida é patrimônio: Modos de produzir, comer e viver”, com Vanessa Schottz.

A organizadora Vanessa Proeza destacou que pequenas atitudes podem mudar os hábitos alimentares, evitando o desperdício e mudando o atual quadro da alimentação mundial, para um mundo melhor. “Os técnicos da secretaria vão apresentar temas de grande importância para ter uma vida saudável e evitar doenças”, disse a nutricionista.

De acordo com o técnico da secretaria municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca, Daniel Chagas, a experiência desenvolvida em Quissamã tem alcançado resultados positivos. “O município foi o único do Estado do Rio premiado recentemente pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento Escolar (FNDE) por seguir à prática e expandir o projeto às escolas municipais”, lembrou.

 

Crédito: Adilson dos Santos